sábado, agosto 02, 2014

"SOL POSTO " - LEONEL COELHO



Não havendo ali ninguém
A quem perguntar

Pois já tudo à minha volta
Era silêncio

Perguntei eu a mim
Então hoje o sol não chega?

E de mim
Lá muito do fundo
Do mais íntimo do fundo

A resposta subiu como alcatruzes de nora
 E ouviu-se:

Não.
O teu último sol foi ontem.


Leonel Coelho

Setembro 2007
("De Mão Dada")

38 comentários:

  1. Triste, porém belo e excelente.
    São, tenha um bom domingo.
    Beijos,
    Renata

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Leonel Coelho e eu agradecemos .

      Amiga, que seja feliz seu domingo!

      Eliminar
  2. Respostas
    1. Também me impressiona muito ...

      Beijinhos

      Eliminar
  3. ~ ~ Cruz-- Credo!

    ~ ~ Não queremos pensar no assunto, mas sabemos que todos vamos passar por esse momento-- teremos o nosso último dia de sol.

    ~ ~ Um poema impressionante, mas expressivo na sua humanidade.

    ~ ~ ~ Que Deus nos conceda um final sereno e confortável. ~ ~ ~

    ~ ~ ~ ~ E que Agosto nos traga alegrias e dias divertidos. ~ ~ ~ ~

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não receio a morte em si, mas sim o sofrimento e , por isso, secundo esse desejo de "um final sereno e confortável", de preferência igual a de meu Pai!

      Oxalá que sim, que Agosto nos sorria e traga muitos dias de Sol, rrss

      Um bom domingo!

      Eliminar
  4. Olá, São!

    Até parece estar em sintonia com o Verão que não vamos tendo, este poema que soa a prenúncio de morte.Que a manhã o sol possa brilhar, e que este tema fique para mais tarde...bem mais tarde!

    Um abraço amigo
    Vitor

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bem vindo, amigo!

      Quando a idade avança, o horizonte vai estreitando e a única saída é mesmo a Morte. Não me assusta, mas como dizes, que venha tarde e sem sofrimento( esse sim, é que me apavora!)

      Oxalá o Sol brilhe por muito tempo e que o Verão chegue mesmo e não esta imitação de fancaria...

      Abraço com estima e que tenhas bom domingo, Vítor!

      Eliminar
  5. Será que noutra dimensão não há sol?
    Um abraço e bom Domingo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Há Luz, amiga... e muito trabalho para fazer, principalmente se aqui nos esquecermos de que existe a lei de Retorno!

      Beijinhos e as melhoras do marido

      Eliminar
  6. Um dia será ...
    Mas outra luz haverá , espero .

    Um abraço , São

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Creio na reencarnação...e sei, por experiência própria, que o karma se cumpre!

      Beijinhos, Maria :)

      Eliminar
  7. Atrás do sol posto vivemos nós.

    bom domingo, que o espírito santo ilumine o lar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não, nós vivemos cada vez mais numa escuridão que se vai tornando de breu e daqui a nada pagaremos imposto por cada vez que respirarmos.

      Vamos pagar o BES , como eu soube logo desde que as garantias de que tudo estava bem no Banco foram dadas pelo reformado de Boliqueime e pelo ministro da Defesa, que nem da área dele entende !!

      E estou esperando o rebentamento do que , mais do que provavelmente, se passa com a Jerónimo Martins, também muito sólida, também muito bem gerida, também com estafermo à frente que se permite insultar os portugueses....mas cujas acções foram sujeitas ao mesmo tratamento que as da Famiglia Espírito Santo!

      Bom domingo.

      Eliminar
  8. Na natureza o Sol regressa todos os dias, já para os humanos as coisas têm os seus limites...
    Abraço do Zé

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. POis, o ser humano tem as sua limitações e , como se não bastasse, ainda há quem se arrogue o direito de se considerar o "povo eleito" e a "raça superior" e asassinarem a frio e deliberadamente milhões de pessoas a quem retiram a humanidade...

      Abraços

      Eliminar
  9. Todos os dias há um sol posto para muita gente.
    Uns, porque a sua vida chegou naturalmente ao fim.
    Mas outros, porque alguém resolveu antecipar o por do sol a pessoas indefesas.
    Não conhecia o poeta nem o poema. Obrigado pela partilha.
    São, tem um bom domingo e uma boa semana.
    Ou boas férias, se for o caso.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  10. O que mais dói, amigo, é assistirmos impotentes a um imenso pôr-so .sol sem que ninguém faça nada para o deter...como acontece aos palestinianos em Gaza :(

    E o sol esconder-se pela última vez na nossa vida é a única coisa certa que temos, embora nunca a aceitemos muito pacificamente.

    Grato abraço e bom resto de domingo.!

    ResponderEliminar
  11. Respostas
    1. Leonel e eu agradecemos.

      Bem haja. Lino!

      Eliminar
  12. Credo!! Até me assustei! Tive de ler o final duas vezes... (Lido muito mal com a morte, que se há de fazer?)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Compreendo que lides mal com a Morte , porque sendo a única certeza que o ser humano tem , nunca a aceitamos naturalmante.

      Pessoalmente, não me assusta, o que me deixa completamente empanicada é a perda da minha independência e o sofrimento em todas as formas.

      Tem boa semana ,sem mais Bancos a falir ....

      Eliminar
  13. Um bocadinho tétrico, no mínimo! ;)

    Beijocas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, não propriamente alegre...

      Boa semana, sem mais ninguém a exigir-te que pagues fraudes de quem que seja ...

      Eliminar
  14. O poema é muito bonito.
    Mas é uma beleza triste, que incomoda.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo de todo, Pedro.

      Tudo de bom .

      Eliminar
  15. Bonitos versos, mas...

    Nada de pessimismo, pois o sol sempre está lá, atrás das nuvens mas...lá.

    Então...quando o vento passar, ele voltará a brilhar.

    beijinhos, querida São.

    Tenha uma linda semana,

    Lígia e =^.^=

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bem vinda, amiga!

      Gostei muito do poema sobre os gatos e sua alma de tafetá e deixei comentário, mas não sei se entrou ou não...

      Esperemos que sim, tenhamos essa esperança...embora como vejo o mundo e a situação em portugal a piorar cada dia, não saiba como...mas tentemos !

      Minha querida , que sua semana seja abençoada :)

      Eliminar
  16. Viva! já temos Banco Novo!

    (uma coisa que vale 670 milhões e que precisa de 5 mil milhões deveria dar uma ideia às pessoas do que está errado na indústria financeira, e no seu frenesim de "criar riqueza", e que não é regulação, como dizem os liberais, que se safa da próxima crise). boa semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Como detesto ter razão !

      Quando esta corja começou toda ela a grasnar que só o Grupo estava mal e o Banco continuava maravilhoso, fiquei logo a saber que tínhamos mais uma fraude a pagar!!

      Ou esta gentalha muda o sistema ou nada feito, só que ninguém está interessado em alterar esta estado de coisas, porque sane muito bem que as suas fortunas pessoais estão em bem recato e que os lucros são privados, mas os prejuízos são públicos !!

      Entretanto o reformado vagal foi a banhos e no seu papel de ministro sem pasta fez o que lhe ordenou Passos, também quedo e mudo nos mares algarvios, e enviou o que tinha que enviar para o Tribunal Constitucional -recomendando aos juízes que se lembrassem dos compromissos internacionais do país!!

      E se estes mentirosos fossem todos para o raio que os parta??

      Fica bem.

      Eliminar
  17. gostei da foto.
    o poema estava bem, mas acho que o final estragou.
    é a minha opinião...

    :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Minha amiga, é a tua opinião e é válida por isso mesmo, aqui toda agente pode ter opinião própria :)

      Grato abraço e boa semana :) :)

      Eliminar
  18. O poema é lindo, mas bastante triste, pelo que vou comentar como se fosse loiro.
    Parece que até quarta-feira ainda teremos sol, por isso, o melhor é aproveitar.Uma boa semana, amiga

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esperemos que haja , então, sempre Sol e que a tristeza seja a menor possível...

      Bom resto de dia, Carlos :)

      Eliminar
  19. Gostei imenso do poema, São!
    O sol também pode ser a metáfora do brilho que nos vai sendo surripiado...
    Por cá o calor não falta!
    Bjo, amiga :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo mais com essa tua análise do que com aquela que foi a maioria...talvez por não me assustar com a morte, mas sim com a dependência e o sofrimento.

      Querida amiga, abraço grande

      Eliminar

"BENVEGUT AQUÈL QUE NOS VEN MANS DEBÈRTAS"
(Saudação Cátara)

Arquivo do blogue