quarta-feira, novembro 14, 2018

CAMINHO DE MORTE

E eis a morte que  me cerca  e me leva pela mão, mostrando o caminho inevitável e que igualiza tudo e todos.

Não existe fuga, não existe esconderijo.

A carne é volátil e frágil , nada a protege  nem a torna eterna, mas também quem tem a loucura de querer viver para sempre   no meio de tristeza e fúria e maldade?

Nada é real , tudo é reflexo.

segunda-feira, novembro 05, 2018

ONZE ANOS

 O "são", meu primeiro blogue, completa hoje onze anos.

A quem me tem apoiado , com a sua presença e comentários, a dar-lhe vida, o meu sincero abraço de gratidão.

Arquivo do blogue