terça-feira, julho 14, 2020

CITAÇÃO - MUJICA

" Las izquierdas se dividen por ideas, las derechas se juntan por intereses."

segunda-feira, julho 06, 2020

"PAGÃOS E PUROS" - MANUEL VEIGA (4/7/2020)

PAGÃOS E PUROS

Por tua ordem
Fuzilei todas as palavras
E ficámos nus e mudos...

E reinventámos-nos 
Na linguagem primordial
Dos corpos

Pagãos e puros...

quarta-feira, julho 01, 2020

PARABÉNS E GRATIDÃO, SALGUEIRO MAIA



O capitão Salgueiro Maia, a quem devemos a queda da ditadura que oprimia Portugal há quase meio século, faria hoje 76 anos.

Foi um ser humano digno, coerente e corajoso , que nada quis para si  no seguimento da Revolução dos Cravos e que disse com toda a simplicidade para não se preocuparem com o lugar onde o seu corpo estaria, mas sim com o que fariam com a herança de liberdade que deixava.

Cavaco Silva, criatura que desprezo e me repugna infinitamente, teve o supremo descaramento e tremenda ingratidão  de lhe recusar o que concedeu a  dois inspectores da PIDE, polícia política da ditadura e aluna aplicada da Gestapo e de militares brasileiros como Carlos Brilhante Ustra (elogiado por Bolsonaro em pleno Senado) .

Que Salgueiro Maia esteja em paz onde quer que se encontre!!

quarta-feira, junho 24, 2020

"OS HOMENS DO 5 DE OUTUBRO - NOS BASTIDORES DA REPÚBLICA " - ANTÓNIO VENTURA

Acabei de ler agora mesmo "Os Homens do 5 de Outubro - Nos Bastidores da República", composto por entrevistas da época da implantação da República a vários dos intervenientes.

António Ventura é professor catedrático  e autor premiado.

É muito interessante ler os relatos de pessoas directamente responsáveis, de uma maneira ou outra , pela queda da dinastia de Bragança. Tanto mais que vão dos políticos aos militares, passando por populares.

 Assim tomei conhecimento de Amélia Santos, empregada da cervejaria Águia, que combateu de armas na mão na Rotunda. E também do relato de Alfredo Gomes , cocheiro do coupé 44 , onde aceitou em 4 de Outubro, sem o reconhecer, Afonso Costa e que acabou por ser alvejado por republicanos. Tal como das dúvidas sobre a morte de Cândido dos Reis , havendo quem desminta a versão do suicídio e prefira a do assassinato , caso de Alfredo Leal.



EXCERTOS :

> "Eu fui sempre republicana. Nunca o disse a ninguém, porque, compreende... há quem ache ridículo que as mulheres tenham ideias avançadas.(...) Então era justo deixar que os homens se estivessem a bater e a morrer pela causa de todos, enquanto nós nos escondíamos?"

> " A polícia andava há muito a vigiar o almirante.Quando se ouviram os tiros a bordo dos navios de guerra, o governo(...) deu ordens aos espiões para o agarrarem morto ou vivo.Os espiões puseram-se em campo e cumpriram a sua incumbência."


sábado, junho 20, 2020

DIA MUNDIAL DOS REFUGIADOS (Michel Berger - Chanter pour ceux qui sont loin de chez eux )



É pungente o drama das pessoas obrigadas a  abandonar a sua casa   - e muitas vezes o seu país -  por causa de guerras que não provocam e onde são geralmente vítimas de fogo cruzado.

A situação agrava-se quando sobrevivem  em campos com centenas  de pessoas aglomeradas e onde as condições básicas nunca são boas. Como sempre, as mulheres e as crianças são quem sofre as piores consequências.

Piora tudo ainda mais quando são recusadas por países ricos e em paz e tantas vezes com altas responsabilidades na tragédia porque vendem armamento às partes em conflito e até chegam a apoiar , segundo os seus interesses, uma das partes.

Reflictamos hoje e sempre sobre tantas vidas destroçadas e sem hipótese de uma vida digna desse nome. 

quinta-feira, junho 18, 2020

CITAÇÃO - CONSTANTINO FERREIRA, PASTOR EVANGÉLICO

" André Ventura é o que os cristãos esperavam há muito.

É católico como Salazar e ambos receberam a cultura do seminário, só não foram para padres.

Se queremos o país governado por Deus, temos e ter homens e mulheres tementes a Deus na governação!"

quinta-feira, junho 11, 2020

segunda-feira, junho 08, 2020

"A GUERRA DOS POBRES " - ÉRIC VUILLARD

 " A Guerra dos Pobres" é um pequeno livro (71 páginas, apenas) de Éric Vuillard (Prémio Goncourt  2017 ) , cujo tema é o das revoltas dos miseráveis contra os privilégios dos poderosos senhores da nobreza e da Igreja.

Relembra alguns dos desesperados que acabaram por pagar   muito alto  -  a maior parte das vezes com a vida - a defesa  de melhores condições de existência para quem era explorado e humilhado em nome de Deus : John Wyclif, John Ball, Wat Tyler, Jack Cade, Jan Hus.

Porém , é sobre Thomas Muntzer que coloca o foco, pelas próprias características do teólogo .

Na sua versão radical do cristianismo, Muntzer quer renovar a religião no seu âmago, seguir à letra os ensinamentos do Mestre, extirpar a Igreja da hipocrisia  e do luxo.

Obviamente,  esta luta , que congregou milhares de pessoas , iria acabar em tragédia .Porque os príncipes laicos e religiosos , unidos e cúmplices , jamais iriam permitir  que lhe retirassem uma parcela, mínima que fosse, do seu poder.

Segundo Filipe, landgrave de Hesse, na batalha final  " massacrámos todos os que nos caíam nas mãos...saqueámos a cidade e... com a ajuda de Deus , obtivemos ... o triunfo." Este triunfo saldou-se em quatro mil mortes e na tortura e decapitação de Thomas Muntzer, aos trinta e cinco anos. A cabeça foi empalada e o corpo lançado aos cães -  num excelente exemplo de negação da caridade cristã.


Excertos:

> "Tinham dificuldade em perceber porque é que Deus, o deus dos mendigos, crucificado entre dois ladrões, tinha necessidade de tanto esplendor, porque é que os seus ministros precisavam de tamanho luxo ... Porque é que dizia ser necessário deixar tudo, falando através da boca daqueles que de tudo se tinham apropriado?"

> " O papa apela à cruzada ... e Jan Hus ... prega a desobediência, prega o amor, a oração, mesmo para os inimigos de Cristo ... Será herético? ... Sim ... De imediato, convocam-no para Constância, e depois aprisionam-no, julgam-no e queimam-no."

quinta-feira, junho 04, 2020

CITAÇÃO : ANDRÉ VENTURA

"Só tenho um segredo : fui escolhido para mudar Portugal .

E vou fazê-lo, por muitos que sejam os obstáculos no caminho. E os abutres. E os vendidos. E os traidores. E os bandidos!"

terça-feira, junho 02, 2020

POEMA - HÉLIA CORREIA ("A TERCEIRA MISÉRIA" )

"Sim, falamos de sombras. Vendo bem,
Incendiámos tudo : Alexandria 
E os sábios, as mulheres. Incendiámos 
O grande coração.Temos aos ombros
O apetrecho dos destruidores,
Não a pólvora, não : essa arrogância
Pela qual o ocidente se perdeu."

quarta-feira, maio 27, 2020

CITAÇÃO - FRANÇOIS MAYER

"O pseudo equilíbrio  do sistema vivo é o resultado dinâmico de uma quantidade  de desequilíbrios que se compensam mutuamente."

sábado, maio 23, 2020

INQUISIÇÃO EM PORTUGAL


 O Santo Tribunal da Inquisição  é uma das mais cruéis instituições inventadas pela Humanidade e uma das maiores infâmias do cristianismo. 

O facto de torturar e queimar vivas pessoas em nome de um grande Iniciado como foi Jesus torna tudo ainda pior. Judas não foi , não, o desprezível traidor do Mestre, mas sim quem assassina, rouba e é cúmplice de crimes imperdoáveis   invocando o seu nome.

Não podemos esquecer que a Inquisição começa pelo genocídio e massacre dos Cátaros ordenado pelo Papa Inocêncio III e que prossegue funcionando nos nossos dias. Sim, já não existem  fogueiras físicas, mas continua a destruir vidas.

A Inquisição foi estabelecida em Portugal no reinado de João III  com o apoio do Cardeal Henrique , seu irmão. Para se ter ideia clara do processo tortuoso e sujo que ocorreu sugiro fortemente a leitura de "História do Estabelecimento  da Inquisição em Portugal " do historiador Alexandre Herculano.

quinta-feira, maio 21, 2020

quarta-feira, maio 20, 2020

segunda-feira, maio 18, 2020

CITAÇÃO : BENJAMIN FRANKLIN

"Aqueles que abrem mão da liberdade em troca da segurança, não merecem nem uma nem outra e arriscam-se a perder as duas ."


sexta-feira, maio 15, 2020

VIOLÊNCIA

Violência é algo assustador, particularmente quando exercida contra alguém vulnerável e sem hipótese de defesa.

Todo o horror se intensifica quando quem agride tem o dever estrito  e inalienável de proteger a vítima.

Vem esta minha reflexão a propósito do assassínio de Valentina, que aos nove anos sucumbiu  -  abandonada e sem auxílio - às brutais agressões do pai biológico, com a cumplicidade da madrasta.

Pessoalmente, fere-me toda esta situação, mas o que mais me choca é a crueldade destas duas  criaturas completamente indiferentes ao atroz sofrimento de uma criança agonizante durante longas horas. Com a agravante de cinicamente terem dado o alarme de desaparecimento .

Além disso, nem o facto de estarem outras crianças na casa,os preocupou ou travou.

Queixa-se agora Márcia de violência doméstica e Sandro foi hospitalizado, mas nem ela  nem ele me comovem nem convencem.

Sou contra a pena de morte e, ainda mais, linchamentos. Espero, no entanto, que sejam condenados à pena máxima e cumpram integralmente os vinte e cinco anos de prisão.

Arquivo do blogue