domingo, julho 29, 2018

CITAÇÃO - WALTER SCOTT

"Que eu nunca saiba que sangue dos bravos foi derramado em vão, pois é um desafio imperioso para todas as gerações."

                                   Sir  Walter Scott

terça-feira, julho 24, 2018

terça-feira, julho 17, 2018

POESIA - PESSOA

Passamos pelas ruas e por gente,
Passamos por nós mesmos, e acabamos;
Depois na ardósia, a Mão Inteligente
Apaga o símbolo, e recomeçamos.

Fernando Pessoa
(1928)

terça-feira, julho 03, 2018

domingo, julho 01, 2018

FERNANDO SANTOS E A MEDIOCRIDADE

A Selecção de Futebol portuguesa acabou a sua prestação no Campeonato Mundial 2018 a decorrer na Rússia.

Ironicamente ,  a segunda parte do jogo que perdeu por 2-1 com o Uruguay foi o seu melhor desempenho em toda a competição.

Espanto-me como alguém pensou ser possível  conseguir-se ultrapassar a Selecção sul-americana: só quem não viu  os jogos de ambas poderia ter ilusões.

Houve situações inconcebíveis. Como, só por exemplo, o total isolamento de Cavani aquando da marcação do seu segundo golo.  Além disso, podemos agradecer a Rui Patrício não termos uma derrota mais pesada.

E não venham com desculpas esfarrapadas de falta de sorte e de erros de arbitragem. 
  
Como alguém disse , ainda hoje não percebemos como conseguimos o título de campeões europeus.  Pois, foi uma mistura de sorte, adversários fracos e algum talento. Porque o fomos sem brilho nem glória. 

A receita foi transposta de França para a Rússia, esquecendo que as selecções eram mais numerosas e a competição mais exigente.  

Fernando Santos é um treinador sem brio nem garra, a quem basta o mínimo dos mínimos , um timorato que não arrisca nada. A mediocridade é a sua bitola e o seu caminho. Uma criatura que não construiu uma equipa e que centra tudo num único jogador, isto é, Cristiano Ronaldo ( que nesta competição teve um excelente golo, mas que falhou uma penalidade e se perdeu no desafio com o Uruguay).

Onde está a renovação da Selecção?! Onde está a integração efectiva, cuidada e continuada  de jogadores  jovens?! Porque não foram convocados , exemplificando, Renato Sanches e Éder?!

Como portuguesa  entristece-me  a saída, mas espero que  finalmente Santos reflicta sobre o seu modelo de trabalho e os erros cometidos  e os jogadores também.

Assumo que Fernando Santos não tem nem nunca teve o meu apreço e que as críticas vêm de sempre.  

Arquivo do blogue