sábado, maio 31, 2014

POEMA ZEN

Serenidade,  amor e saúde  para o vosso  fim de semana !



28 comentários:


  1. Lindo, Lindo!
    O mesmo lhe desejo, cara são.

    Bjs

    Olinda

    ResponderEliminar
  2. Amor e saúde, obrigado
    Serenidade como?
    (acabei de "fazer" o IRS)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu neste momento estou com problemas nas três áreas...mas temos que viver um dia de cada vez, não é?

      Solidário abraço, Rogério.

      Eliminar
  3. É tudo o que estou precisando para meu fim de semana...

    E que lugar bonito, com as montanhas ao fundo...

    Minha querida São tbm lhe desejo um final de semana de paz...

    Beijos...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bem vinda, minha querida!

      Então que tenha o que necessita...sempre.

      Este Parque Nacional de Tranta , na Polónia (que é um país muito agradável, embora não me pareça que o povo o seja assim tanto) , é muito visitado , geralmente a pé.

      Porém, como o padre polaco que organizou a viagem deve ter confundido Peregrinação com Expiação e era extremamente agressivo e pouco correcto, optei por alugar uma charrete( ainda por cima , transporte que me agrada imenso...).

      Beijinhos, meu bem

      Eliminar
  4. Bom dia São
    Voltemos o poema do avesso e cantemos
    O vento acorda-nos
    As flores sorriem-nos
    Os pássaros encantam-nos
    As montanhas guardam segredos de vida.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bem vindo, Luís !

      mesmo do avesso, continua na filosofia zen,,,e gostei do exercício :)

      Abraço grande

      Eliminar
  5. Para vc também, querida São.
    Beijos,
    Renata

    ResponderEliminar
  6. Leiria este fim de semana vai ser palco para uma recriação histórica do tempo em que Eça de Queiroz aqui viveu e se inspirou na obra "O Crime do Padre Amaro". Como o tempo está a ajudar... a coisa promete.
    :)
    Bom fim de semana!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que interessante, gostaria de poder assistir...

      Tudo de bom, :)

      Eliminar
  7. Melhor que este momento...São...é escutar o "silêncio" do deserto!
    Adorei a foto e o pensamento!!! Bj amigo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também gosto de ouvir o silêncio...e o mar , já o vento não tanto.

      Grato abraço, Maria da Graça

      Eliminar
  8. Por aqui o vento não parou!

    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por aqui também não ....

      Que se passa com o teu blogue que quando quero entrar , me aparece no ecrã que não está disponível: já tentei três vezes!

      Daqui a um tempinho voltarei a tentar.

      Beijinhos

      Eliminar
  9. ... que poderia muito bem ter sido escrito pelo "nosso" presidente da República...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Desculpa, Graça., mas que presidente?! Tens um reformado a ocupar formalmente o cargo, nada mais!

      Bem podemos às inteligências que lá colocaram, masi ao bando da coligação...

      Além disso, a criatura não tem inteligência para perceber a filosofia zen, rrss

      Bons sonhos

      Eliminar
  10. O mesmo para ti .

    O pensamento é muito belo .

    Forte abraço

    ResponderEliminar
  11. Um desejo muito positivo que eu agradeço e retribuo.

    beijinho amiga São

    ResponderEliminar
  12. Um belo pensamento, numa não menos bela paisagem.
    Um abraço e bom fim de semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Grato abraço e ainda bem que gostou.

      Eliminar
  13. ahahah, que vento parasse, era o que mais queria, estou farta, de o ouvir zumbir...
    Nem deixa entrar em estado zen...
    Brincadeiras . à parte, bom fim de semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também não me agrada o vento...o que vale é que tenho vidros duplos e não o oiço

      A noite está desagradável e quando saí, com uma amiga, de um jantar comentámos que temos os Pedros todos contra nós , :(

      Abraço para vós

      Eliminar
  14. Idílico, logo só pode gerar estados "zen" :) :)
    Hoje escrevi (excerto)
    "Preciso de mim,
    contemplativa,
    sentada no tosco das pedras
    que te cercam, cercanias altaneiras,
    inacessíveis a perdas alheias..."
    Resto de bom domingo, São. Bjo
    (No blogue, esse alguém, o meu filho...)

    ResponderEliminar
  15. Bem desconfiei que seria teu filho...aqui renovo os meus parabéns a ti e a ele, desejando todas as felicidades :)

    Vou espreitar o texto inteiro ...e se assim te necessitas , neste vale e nas montanhas que cercam Zakopane, atingirias a calma

    Beijinhos, minha linda, e bom resto de domingo, rrss

    ResponderEliminar

"BENVEGUT AQUÈL QUE NOS VEN MANS DEBÈRTAS"
(Saudação Cátara)

Arquivo do blogue