quinta-feira, maio 15, 2014

ANTÓNIO ALEIXO : QUADRA


28 comentários:

  1. Respostas
    1. Aleixo era uma pessoa sem instrução formal, mas como ele escreveu "deram-lhe as horas amargas da vida, muitas lições de filosofia".

      Que seja muito bom seu final de semana, meu bem

      Eliminar
  2. Boa sátira ao que nos acaba, de novo, por acontecer...

    A sabedoria popular.

    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Até quando, minha amiga, estaremos sujeitas a tanto roubo??

      A sabedoria popular é a mais genuína, não achas?

      Grande abraço, Aninhas

      Eliminar
  3. Respostas
    1. Tal e qual, né?

      Beijinhos, Rosa

      Eliminar
  4. Não sei quem são os fotografados, daí a quadra passar-me um bocado ao lado... ;)

    Beijocas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A quadra é sobre aparências e realidades, mas isso tu sabes,

      A única relação com a foto é que o senhor a recitava muito e a senhora está sómente limpando a boca, porque se estava num jantar de convívio do pessoal do Centro de Bem Estar Social de que fui Directora.

      Abraços, :)

      Eliminar
  5. Oi, São!
    Também não sei do que se trata, mas a acompanhante está rindo ou está chorando?
    :)
    Beijus,

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A quadra é do poeta popular António Aleixo e faz um trocadilho de palavras e sentidos entre as aparências e a realidade.

      O senhor que está na foto recitava-a muito e a senhora não está nem rindo nem chorando , está só a limpar a boca porque a foto foi fieta num jantar de confraternização do Centro de Bem Social de que eu fui Directora.

      Bom final de semana :)

      Eliminar
  6. Verdades que conhecemos todos os dias.Há por cá cada fantoche - palhaço e outros irracionais que só nos envergonham e nos tramam a vida....

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O que ainda mais me envergonha - e aborrece, diga-se de passagem - é que esses fantoches até foram escolhidos pela maior parte de quem cumpriu o dever cívico de votar!!

      Meu caro, tudo de bom

      Eliminar
  7. António Aleixo numa quadra atual escrita no século passado, por isso este país não muda nada;
    "E agora é o acaso quem me guia.
    Sem esperança, sem um fim, sem uma fé,
    Sou tudo: mas não sou o que seria
    Se o mundo fosse bom — como não é! ;
    (António Aleixo- in A torpe sociedade em que nasci)

    Bom fim de semana cheia de promulgações do sr silva (com letra pequena dada a sua pequenez) e reuniões dos PC-PP & Cia...
    Bjo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Será, Maria, que este nosso país não tem mesmo solução?!

      Estamos mesmo condenados a aturar silvas, portas e coelhos?!

      Abraço e bom final de semana

      Eliminar
  8. Olá, São
    António Aleixo, esse IMENSO poeta português, deixou-nos quadras dignas de serem lidas, recordadas, divulgadas... etc., etc. todos os dias, pois estão cada vez mais actuais (para nosso mal...)

    Bom fim de semana, minha amiga.
    Um beijo
    Miguel

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A sabedoria de Aleixo era tão grande como as tristezas da sua vida e, desgraçadamente, as suas quadras continuam bem actuais , sim!

      Querido Miguel, abraço grande de excelente final de semana

      Eliminar
  9. Somos todos amigos do alheio. bfds

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Todos, não ...só quem a gente sabe, rrsss

      Bom final de semana

      Eliminar
  10. O texto é inteligente, sobre "leoes em pele de cordeiro"... mas as pessoas nao sei quem sao...

    Beijos querida...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aleixo era um óptimo poeta popular , com uma vida muito complicada e , além disso , era sábio.

      AS pessoas são funcionárias do Centro de Bem Estar Social que dirigi e a foto foi tirada num convívio e o senhor recitava muito esta quadra.

      Minha querida, bom final de semana

      Eliminar
  11. Olá, São!

    Verdade intemporal,por aqui e em muitos outros lugares; conclusão desagradável e amarga de que na essência este mundo pouco mudou, apesar daquilo que tem mudado...

    Bom fim de semana e um abraço amigo
    Vitor

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo contigo, meu amigo.


      Infelizmente, as aparências ainda vão se sobrepondo à essência...e parece difícil mudar!

      Bom final de semana e grato beijo

      Eliminar
  12. Temos de correr com o bando que nos desgoverna!
    Um abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo!

      Mas como o reformado algarvio os abençoa , será complicado ... Veremos o que resulta da eleições europeias e que acnirce nas legislativas!

      Bom final de semana

      Eliminar
  13. Detenho-me só na quadra: oportuna, acutilante e atualíssima.
    O nosso Aleixo, apesar de ser conhecido como um poeta popular, já via os males sociais com olho clínico...
    Bjo, amiga São

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sem dúvida!

      Aleixo, inclusivamente, escreveu peças de Teatro.Penso que , se tivesse tido oportunidade de estudar, seria uma pessoa s brilhante, Só que, infelizmente, a ditadura ( e , neste momento, estamos a regressar a essa situação) só permitia a quem tinha poder económico ( ou quem fazia enormes sacrifícios, como foi o caso de meus pais) tirar licenciatura.

      Minha amiga, excelente domingo.

      Eliminar
  14. E alguns até dizem que são muito transparentes ...

    ResponderEliminar

"BENVEGUT AQUÈL QUE NOS VEN MANS DEBÈRTAS"
(Saudação Cátara)

Arquivo do blogue