quarta-feira, junho 16, 2010

PETERGORF






Este palácio, situado no golfo da Finlândia era a dasha dos imperadores russos e foi ideia de Pedro, o Grande, construtor de S. Petersburgo.

A ligação marítima faz-se através do canal que podem ver numa das fotos.Infelizmente 8 de Junho de 2010 foi um dia extremamente chuvoso e não nos permitiu ver os jardins na sua totalidade.

Quanto ao palácio é grandioso e de uma extraordinária riqueza de interiores.

30 comentários:

  1. que lugar belíssimo
    a Rússia tem mesmo muito o que mostrar, afinal megalomania era com eles mesmos hehehehe

    beijos

    ResponderEliminar
  2. Tem razão. Os palácios são espantosos. Eu não gosto de barroco, mas ali é de uma grandiosidade de tirar o fõlego.

    E no meio aparce o gabinte de trabalho de Pedro, cuja sobriedade é ainda mais marcante em contraste com a exuberância que o cerca.

    Um abraço.

    ResponderEliminar
  3. Que riqueza, não?E há mais, decerto.

    LUIZ

    ResponderEliminar
  4. Riqueza de estontear...como verás pelas próximas fotos.

    Fica bem.

    ResponderEliminar
  5. Qué maravilla. Qué viaje más bonito, querida amiga.

    ResponderEliminar
  6. Mais uma série de lindas fotos a ilustrarem a tua encantadora viagem.
    A chuva faz muita falta, mas quando andamos a passear era bom que se afastasse p'ra bem longe :)
    Mas não pode ser "sol na eira e chuva na leira"...

    Quero ver mais, minha querida.

    Beijinhos, nena. Até sempre

    ResponderEliminar
  7. Muito linda, estimado PEDRO, muito linda mesmo.

    Besos.

    ResponderEliminar
  8. Nena, já estou como diz uma colega minha: "se posso andar à chuva para trabalhar, também o posso para passear!"

    Felizmente, apanhámos, mesmo assim, pouca chuva: uma tarde em Moscovo e este dia em S. Petersburgo.

    Um abraço amigo, MARIAZITA linda.

    ResponderEliminar
  9. Jardins lindos, sem dúvida. Embora me lembrem Versailles, acredito que possam superar em grandiosidade e ostentação.

    Numa das vezes que fui a Versailles também chovia (não, não foi aquela nossa tentativa frustada; que saudade...) Os jardins ficam diferentes sob a chuva. Melancólicos... Parecem chorar.

    Aqui já é o quarto dia que chove sem parar. Chegaram as monções tropicais. E a minha depressão ganhou sobre mim, de novo. Está ficando difícil escrever e manter o Confessium actualizado.

    Fico esperando com ansiedade curiosa o próximo lote de fotos.

    Mau dia hoje! Dois desaires; a Espanha perde com a Suiça e a África do Sul com o Uruguai. Portugal também não dá garantias nenhumas de fazer algo de satisfatório. As equipas pelas quais torço estão todas tendo maus resultados. Que desânimo!...

    Um grande grande abraço

    ResponderEliminar
  10. Preciosa Amiga:
    Um nome a reter: PETERGORF!
    Um sentido estético de sublime talento no que concebe com magia e beleza.
    Lugar paradisíaco de um sentir lindo.
    Deslumbrantes fotos de significação perfeita.
    Bem-Haja, pela sua pureza e beleza num Post agradável e pleno de encanto.
    Parabéns sinceros.
    Abraço amigo de respeito pelo seu valor de ouro puro.
    Sempre a admirá-la

    pena

    É uma honra a sua amizade que é recíproca.
    Bem-Haja, pela ternura expressa no meu blogue. MUITO OBRIGADO, amiga fantástica.

    ResponderEliminar
  11. Meu querido, como diza um amigo nosso "o verde fica melancólico com a chuva"...

    Dentro de um dos palácios há uma sala a imitar o salão de espelhos de Versailles ( e , sim, que saudades!): depois verás a foto.

    Espanha foi um golpe, oxalá a àfrica do Sul passe à fase seguinte e portugal não me dá esperança nenhuma desde o ínicio.

    Arriba, meu bem, que estou contigo!

    Um saudoso abraço.

    ResponderEliminar
  12. Meu querido PENA, como agradeço ter aceite o meu convite e ter apreciado este lugar lindo!

    Que DEus o proteja e aos seus!

    ResponderEliminar
  13. bela passeata :)

    viajar é tão bom!

    Beijo grande

    ResponderEliminar
  14. Obrigada por nos mostrares os belos lugares por onde andas...
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  15. É óptimo, mesmo apanhando uma molha tremenda, rrsss

    Um abraço ilone( e agora diz que não sei russo, rrss)

    ResponderEliminar
  16. Obrigada por os gostares de ver, GrAÇA!

    Grande abraço.

    ResponderEliminar
  17. Liiindo...
    ... e eu roído de inveja :)
    Kiss, Kiss!!!

    ResponderEliminar
  18. Muito grata te fico por teres aceite o convite e por teres gostado!

    E vai aparecendo, até porque vou colocar mais, rrss

    Beijinhos, muitos.

    ResponderEliminar
  19. Paragens que desconheço mas que as fotos registaram, com bastante qualidade. Dá vontade partir já à sua descoberta...
    Cumps

    ResponderEliminar
  20. As imagens são tão só de uma pessoa que adora fotografar os pormenores que lhe parecem mais importantes e que agradece a amabilidade de as apreciar.

    O local é mesmo para ir visitar, cria. E os que irei mostrando , também.

    Uma serena noite.

    ResponderEliminar
  21. Lugar perfeito... só fomenta ainda mais a minha vontade de viajar por esse mundo tão vasto.
    Bjo0s

    ResponderEliminar
  22. Fico feliz com sua apreciação...e, sim, viaje o quanto possa, porque é a melhor maneira de nos abrirmos ao Outro.

    Um grandeeee abraço, minha querida.

    ResponderEliminar
  23. Belíssimo, tudo. Adorei as fotos. Deve ter sido uma viagem deslumbrante.

    Beijinhos para ti.
    Branca

    ResponderEliminar
  24. Cansativa, cara...mas maravilhosa, sim!

    Colocarei ainda bastantes mais, porque me parece que vale a pena divulgar as magnificas coisas que a Rússia tem

    Um abraço amigo.

    ResponderEliminar
  25. sim, sim, já percebi que me aconselhas... talvez...
    ando à toa com tantos problemas,
    que a bem dizer rondam a "fome"...
    beijinhos, querida

    ResponderEliminar
  26. Minha amiga, que se resolvam depressa e a teu contento essas contrariedades.

    Um abraço fraterno, xará minha.

    ResponderEliminar
  27. Quando lá estive, há muitos anos, era "Petrodvorets"...
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  28. Olá São!
    Pelas fotos deu para ver que valeu a pena a viagem mesmo se a chuva fez a sua aparição, deve ter sido daquelas viagens inesquecíveis.
    A grandiosidade da Rússia está bem patente nas fotos que tiras-te, ´é um país que gostava de visitar...
    Fica bem, amiga

    Beijinhos

    ResponderEliminar

"BENVEGUT AQUÈL QUE NOS VEN MANS DEBÈRTAS"
(Saudação Cátara)

Arquivo do blogue