terça-feira, janeiro 28, 2014

HAIKU A QUEM SE (ME) AUSENTOU


14 comentários:

  1. Não sei a quem se refere.
    Mas, pelo tom, adivinho alguém que lhe seria muito querido

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A meu Pai e a uma Amiga(quase irmã)

      Eliminar
  2. E eles velhinhos...tal como a cidade...retornam à infância!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Meu Pai estava perfeitamente bem e activo quando morreu durante o sono com um ataque cardíaco fulminante.

      Minha mãe, pessoa complicada, refinou e tornou ainda muito mais difícil o cuidá-la.

      Existem pessoas idosas maltratadas e é justo denunciar essa cruéis situações.

      É também justo, porém, denunciar que existem pessoas idosas maltratantes!

      Abraço, Maria da Graça

      Eliminar
  3. Así, las ciudades se hacen chiquitas, ¿verdad, querida amiga?

    ResponderEliminar
  4. Verdad, querido amigo mio!

    ResponderEliminar
  5. Embobado como estoy
    con mi nieta cada día,
    vine a dejarte un saludo
    con gratitud y alegría.

    Abrazos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Rafael, meu caro amigo, desejo à tua neta o melhor do mundo!

      Enhorabuena e muitas felicidades para os pais, avós e demais família.

      Abraço para ti e besos para a tua menina

      Eliminar
  6. As ausências alteram o tamanho das coisas...
    Gostei do teu haiku. Mas eu pensava que era haikai...
    Um beijo, querida amiga São.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Penso que se pode dizer de ambas as maneiras...

      Grato abraço , meu qurido amigo

      Eliminar
  7. Olá, São!

    Quando parte alguém de que gostamos muito, o mundo torna-se mais pequenino. No fundo, o que neste nossa vida mais conta são as pessoas...

    Um abraço amigo.
    Vitor

    ResponderEliminar
  8. Viva!

    Que seríamos nós sem as pessoas, muito especialmente sem aquela que amamos?

    Meu amigo, bons sonhos

    ResponderEliminar
  9. Lindo, São! Muito expressivo.

    Bj

    Olinda

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Grato abraço, minha querida, pelo apreço

      Eliminar

"BENVEGUT AQUÈL QUE NOS VEN MANS DEBÈRTAS"
(Saudação Cátara)

Arquivo do blogue