quarta-feira, abril 21, 2021

UNIÃO EUROPEIA E TURQUIA E TAMBÉM A MISOGENIA


 

Como escreveu Wolfgang Munchau  no El País, " a diplomacia da UE é uma vergonha". 

Como é possível que Ursula von de Leyen , presidente da Comissão Europeia, e Charles Michel, presidente do Conselho Europeu , se tenham deslocado ambos à Turquia como se não soubessem quem é e como governa Recep Erdogan ?

Tudo isto vem da maneira desastrosa como a UE geriu a crise dos refugiados, dando dinheiro ao presidente turco para que o seu país servisse de tampão.

Esqueceu a União Europeia , porém, que "quem dorme com animais vadios, acorda com pulgas" , especialmente tratando-se de um  país que saiu da Convenção de Istambul com desculpas esfarrapadas e deixando claro a pouquissima importância  dada ás mulheres.

De qualquer modo, foi surpreendente o facto de haver só duas cadeiras , quando eram três pessoas na reunião.

E se de Erdogan se espera este tipo de comportamento, o mesmo não se esperava de Charles Michel, que se sentou e deixou Ursula especada  e de pé, acabando por se sentar num sofá.

Se Charles Michel tivesse cedido o lugar à presidente da Comissão Europeia teria posto Erdogan no seu lugar , assim revelou estar ao mesmo nível que o turco.

E não aconteceu o mesmo desrespeito no almoço de trabalho entre UE e Turquia para análise das relações entre ambas, porque o diplomata português Fernando Andresen Guimarães o evitou.

Esperemos que a União Europeia tenha aprendido a lição!

segunda-feira, abril 19, 2021

DIA DO LIVRO

 




Os livros são companheiros fiéis  e abrem-nos horizontes infinitos e livres de todas as fronteiras reais e imaginárias.

Esses três que aí vos deixo são imperdíveis.

Neste Dia do Livro desejo-vos  - e a mim  - frutíferas e prazeirosas leituras!

sexta-feira, abril 16, 2021

TEXTO MEU : "CASA" ( "EM OURO CRU")

 Os teus olhos

São a casa de pedra

Clara e dura

Onde

Os meus sonhos habitam

Pois o pranto corre solto

Sob as veias do dia

Sem que o terror nocturno

De uma tristeza sem nome

Olvide o gume da luz.

domingo, abril 11, 2021

JORGE COELHO ( 1954 - 2021)


 Jorge Coelho foi a enterrar ontem .

Recordo aqui o grande orador, que tive ocasião de ouvir ao vivo,  e também a sua participação na "Quadratura do Círculo " (SIC).

A minha homenagem, no entanto , centra-se na sua rápida  demissão aquando da tragédia da queda da ponte de Entre-os-Rios , que provocou a morte de dezenas de pessoas, algumas nunca recuperadas. Assumia assim  responsabilidades não directas, mas advindas de ser o ministro da Administração Interna. 

Foi uma decisão exemplar, infelizmente sem seguidores  em nenhum dos Governos até agora. Como, aliás, também nunca acontecera nos anteriores.

Paz e Luz !

Arquivo do blogue