segunda-feira, dezembro 17, 2018

BOAS FESTAS COM Luc Arbogast - O Fortuna



PARA VÓS, VOTOS DE HARMONIOSO NATAL EM COMPANHIA DE QUEM AMAM!

QUE A FORTUNA VOS SEJA AFÁVEL NO ANO QUE SE APROXIMA !

CALOROSO ABRAÇO .

quarta-feira, dezembro 12, 2018

ATENTADO EM ESTRASBURGO









Mais uma vez  um ambiente destinado  a ser alegre e de confraternização foi transformado num local de tragédia e horror.

O mercado de Natal de Estrasburgo, cidade  francesa  situada muito perto da Alemanha, é um dos mais antigos e visitados da Europa.

Este ano tive o gosto de o percorrer e de me  encantar com a sua luz, a sua rica diversidade e me embrenhar  na imensa multidão que o visita.

A Oposição a Macron  acusa-o de falhas na segurança, a mim sinceramente não me parece ter sido essa a causa: a entrada não é livre, embora gratuita, pois estão seguranças que inspeccionam malas e sacos. Além disso, como se vê numa das minhas fotos existem patrulhas de militares armados e em prontidão.

Devo dizer, porém, que  temi esta situação dado já ter acontecido antes um outro atentado num mercado de Natal. De qualquer modo e dado o elevadíssimo número de pessoas naquele espaço,    o número de vítimas poderia ter sido enorme.

Considero ser necessária uma profunda reflexão sobre as razões que abriram a crise que o Ocidente vive porque não serão só as acções policiais que irão resolver esta violência.

A minha solidariedade para as vítimas!

quinta-feira, novembro 29, 2018

GREVE DA ENFERMAGEM



Ana Rita Cavaco é enfermeira  e a Bastonária da respectiva Ordem.

Tem uma greve em curso , algo que em princípio tem todo o direito de  realizar.Também participei em greves e fui , inclusivamente, dirigente sindical.

Só que, lamentavelmente, os objectivos desta criatura são políticos  e não olha a meios para atingir os fins.

Desde quando  e a que propósito uma greve é subsidiada?! E por quem ?! E porquê?! E com que finalidade?!

Como é que uma profissional de saúde pode contar como sucesso mais de quinhentas cirurgias adiadas  que não podem ser reajustadas nos próximos anos ?!

Queixa-se de falta de condições e de pessoal, mas não teve uma única palavra de protesto quando Passos e Portas convidaram à emigração e muitissimas centenas de colegas dela partiram.

Este comportamento é indigno  e totalmente falho de vergonha e de ética, além de desumano.

A luta política jamais deve passar pelo sofrimento de pessoas já de si fragilizadas e menos ainda de as utilizar como arma de arremesso contra o Governo, seja ele qual for.

 

Arquivo do blogue