segunda-feira, novembro 17, 2014

ÚLTIMA REFLEXÃO DE UM AMIGO

Egipto:Barca funerária no templo de Edfu, 1-6-2008



"La muerte tiene el camino trazado, a la muerte no le interessa si has hecho o deshecho , solo necesita un paro cardíaco o un paro cerebral para demostrar que está ahí.  Incluso un simple instante, un soplo apenas de resuello y...se acabó."


                                                                        Jesús Gonzaléz Justo
                                                                                     17-1-2013

34 comentários:

  1. São...uma verdade de quem enfrenta e aceite...seu verdadeiro destino!
    Bj amigo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nunca o conheci pessoalmente, mas foi um choque a sua morte!

      Abraço amigo, Maria da Graça

      Eliminar
  2. Todo es así. Y luego, silencio.
    Besos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Jesús, marido de Encarna e responsável pelo excelente "Creaciones", e que nos deixou tão cedo etão amaagurado...tanta falta que faz !

      Querido Pedro, besos e feliz semana

      Eliminar
  3. ~ ~ Tem toda a razão, o teu amigo. ~ ~

    ~ ~ Saramago definia-a assim: num momemto estás e, num instante, deixas de estar.

    ~ ~ ~ Abraço amigo com votos de dias saudáveis e felizes. ~ ~ ~

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O corpo humano é tão-só um frágil invólucro...

      Abraço grande e reconhecido a retribuir os teus simpáticos votos, amiga ! :)

      Eliminar
  4. Mi muy querida amiga Sao.

    Aquí dicen " lo único que necesitamos para morirnos es estar vivos"

    Te envío un gran abrazo, pleno de aprecio.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bem vindo, querido Ricardo!

      É mesmo por não podermos controlar nem a Vida nem a Morte que sou contra a pena capital...

      Apertado abraço, amigo mio :)

      Eliminar
  5. Para morrer, basta estar vivo... assim diziam os antigos... a morte é cruel...

    Beijos minha querida e uma otima semana...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Talvez não seja tanto quanto nós achamos...e eu já tenho passado por esse desgosto muitas vezes, pois 65 anos é muito tempo.

      A perda é que nos magoa, mas , sinceramente, considero existirem situações mais duras do que a própria Morte.

      Minha flor, abraço apertado :)

      Eliminar
  6. E sem mais palavras! Excelente para reflexão!
    Boa semana!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Especialmente vinda de quem estava hospitalizado e tinha sido submetido a várias intervenções cirúrgicas e morreria nesse mesmo dia.

      Semana feliz, Rui

      Eliminar
  7. Boa reflexão, principalmente para aqueles que se julgam eternos.
    Uma boa seman, amiga

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E que olvidam a inevitabilidade da Lei do Retorno...

      Obrigada, amigo, para ti também :)

      Eliminar
  8. Sobre essa reflexão, fico com algumas dúvidas ! ...
    Se é verdade que quando a segunda parte não tenho qualquer dúvida, já quanto à primeira. do "caminho traçado" e do "fazer alguma coisa ou não contra ela", se ele se refere a destino, não aceito !
    Não creio em "destino", na inevitabilidade da morte quer se tente contrariar ou não ! ... Se assim fosse,... porquê preocupações com tratamentos, intervenções médicas ou cirúrgicas ? ...
    ...ou não teria interpretado bem !? ....

    Abraço, Sãozinha ! :))
    .

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu penso que , face a ter já efectuado várias operações e sentir que não melhorava(morreu nesse dia) , Jesús concluiu que à Morte ninguém trava o caminho...e , francamente, concordo com ele.

      Meu amigo, abraço grande :)

      Eliminar
  9. Poderia servir de reflexão se eu gostasse de refletir sobre a morte. Uma coisa que está sempre presente onde estamos, e que é absolutamente inevitável, não merece da minha parte nenhuma reflexão.
    Um abraço e uma boa semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também não penso muito nela, mas compreendo que morreu no dia em que escreveu o texto de que retirei este excerto e após hospitalização incluindo cirurgias tenha reflectido sobre o assunto...

      Já li o livro de Maria Morgado e gostei, obrigada !

      Boa semana também para si e um beijo :)

      Eliminar
  10. A coragem de a olhar de frente naquilo que tem de simples e inevitável...

    Beijo meu.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E no caso de Jesus já de mão dada com ele...

      Bons sonhos, Aninhas !

      Eliminar
  11. Olá, São!

    "Bem mais sorte" têm os animais irracionais,por desconhecerem a existência da morte...
    Já quanto à morte em si mesma, que se há-de fazer, já que a mesma não aceita contestação...?

    Abraço amigo e boa semana.
    Vitor

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, os animais não têm, acreditamos, consciência da morte...nas pressentem-na...

      A morte não tem o poder de me assustar ao contrário do sofrimento, que me empanica de todo.

      Gostaria muito de morrer como meu Pai: nem acordou...

      Abraço com estima e que tenhas feliz semana, Vítor

      Eliminar
  12. A morte só nos ocorre
    em circunstância de vida
    (mesmo se há intermitências...)

    Quantas as vezes a morte abala
    porque perde a coragem de nos olhar cara a cara?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu tenho para mim que ninguém morre nem antes nem depois da sua hora.

      Bom serão :)

      Eliminar
  13. Respostas
    1. E pena que as pessoas não percebam que é assim, né?

      Amiga querida, bom serão :)

      Eliminar
  14. Na minha família tem sido assim: de um momento para o outro e já está! Foi os meu pai, o meu avô, a minha mãe, o meu irmão... É mesmo um sopro! (Não lido bem com as separações e a morte é uma enorme separação, um corte para sempre)

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lido muito pior com o sofrimento.

      Meu Pai morreu assim e peço a Deus igual dádiva.

      Mas para quem fica é terrível!!!

      Abraços

      Eliminar
  15. É a morte que dá sentido à vida, que diz a cada um que aquilo que fez vale zero, sem ela, teríamos eternidade, logo verdades e certezas, na Terra, e as obras das pessoas teriam alguma valor, como por exemplo a governação Passos Portas.

    ResponderEliminar
  16. Que horror, se Passos , Cavaco , Portas e outras criaturas fossem eternas!!

    A morte não me assusta...

    ResponderEliminar
  17. Há que celebrar a vida! Feliz de quem teve o rpivilégio de ter perto do si pessoas tão sensíveis.
    Abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acabei de ler teu esclarecimento acerca da Petrobrás e estou estarrecida!!!!

      Cada vez mais creio que nos encaminhamos para uma guerra global: a corrupção, a impunidade, a crueldade e a falta de respeito estão num crescendo que vai dar para fazer com que as pessoas se revoltem mesmo a sério: será luta armada entre os explorados e os exploradores , não existe outra saída!

      Celebremos a Vida, sim.

      Beijinhos

      Eliminar
  18. Sabemos, São. Mas para quê pensar muito nela?
    Ela não se esquecerá de ninguém.
    Mas há mortes que nos chocam pelo inesperado, pela precocidade, enfim...
    (Fez um ano dia 27 de outubro que um tio muito querido, foi trucidado por um carro desgovernado. Era domingo e apenas estava sentado ouvindo o relato do clube da cidade... Marcou-me em tantos aspetos!
    Bjo

    ResponderEliminar
  19. São essa mortes que nos chocam

    Tenho uma série de pessoas com quem privei de muito perto que tivera, um projecto de vida curto e isso marcou-me.

    De um grupo de quatro numa mesa na esplanada de um café, há anos que só resto eu e era a mais velha...

    Esse tio era o dono do passarinho que cuidas , não é ?

    Abraço com carinho, Odete

    ResponderEliminar

"BENVEGUT AQUÈL QUE NOS VEN MANS DEBÈRTAS"
(Saudação Cátara)

Arquivo do blogue