quinta-feira, setembro 04, 2008

CONTRA A VIOLÊNCIA!!



Estou farta !!!


Estou indignada !!!


Estou furiosa !!!


Agredir e matar mulheres é violência!


Pedofilia é violência!


Corrupção é violência!


Desemprego é violência!


Fome é violência!


Insegurança é violência!


Não ter cuidados de saúde adequados é violência!


Não ter justiça é violência !



E em Portugal tudo isto está cada vez mais largamente representado!!


E NÓS , SIM, NÓS QUE VAMOS FAZER?

50 comentários:

  1. -Totalmente contra a violência, que deverá ser criminalizada.

    ResponderEliminar
  2. Acho que toda e qualquer forma de violência é decorrente da falta de conhecimento do ser humano de onde terminam os seus direitos e começam os do outro.
    Bjinhos

    ResponderEliminar
  3. ANTÓNIO ALMEIDA
    Nem outra coisa eu esperaria de si.
    Bem haja.

    ResponderEliminar
  4. KARINA
    Ou então, minha querida, da perfeita indiferença pelo Outro.
    Abraços.

    ResponderEliminar
  5. Salve! São
    E nós o que vamos fazer?!
    Só temos que continuar trabalhando para nos aprimorarmos individualmente. E sempre que houver oportunidade, tentar intervir, nos modos que nos sejam possíveis, para esclarecimento e educação dos outros.
    Além disso... é rezar e esperar por melhores dias.
    Salutas!

    ResponderEliminar
  6. E politicamente? Que fazemos?!
    Um abraço.

    ResponderEliminar
  7. São
    Minha amiga, em poucas palavras puseste cá fora o grito que é o meu grito, que é o grito de todos aqueles que não podem ficar indiferentes a uma violência que cresce e nos esmaga.
    Quando falamos no crime violento omitimos que uma criança violada nunca será um adulto pacífico, que quem passa fome e é maltratado nunca pode viver em paz com o meio ambiente e que quem é discriminado alimenta ódios.
    O crime violento é apenas a face mais visível de toda uma soma de violências que muitos pretendem esconder.

    Beijos, minha querida

    ResponderEliminar
  8. Subscrevo este post, se me permitires.
    Mas mais do que violência, a fome é uma obscenidade...

    Um abraço

    ResponderEliminar
  9. A violência gera a fome e vice versa. Infelizmente em Portugal estamos a caminhar em ritmo acelerado em benefício dos dois males. É certo que excesso de autoridade não resulta, mas os brandos costumes , tirando poder às autoridades é outro mal. Eu penso muitas vezes que os culpados disto tudo não são só os legisladores.Os altos magistrados judiciais teem a meu ver muita das culpas. Quem erra merece castigo, então quem julga os próprios magistrados? Quando vemos juíses imberbes que ainda andam de fraldas fazerem juízo de incompetência, sem qualquer experiência de vida, causa-me raiva. A maior parte das vezes com arrogância e falta de respeito pelo próprio cidadão indefeso.O país está podre mas não é só pelos políticos.Vejam-se o que aconteceu ultimamente, em que nós todos que pagamos nossos impostos temos de suportar certas etnias que se dão ao luxo de não pagar uma renda de três ou quatro euros e. ainda se arrogam ao direito de exigtr mudar de casa. Mundo cão...ou mundo cruel.

    ResponderEliminar
  10. Hay demasiada violencia en este mundo. Por suerte, no creo que sea más que antes. Por desgracia, sucede cuando ya no debería suceder.
    Basta ya.

    ResponderEliminar
  11. Oie linda! É de revoltar mesmo essas situações! Infelizmente, o mundo caminha cada vez mais para isso. Já não se fala mais em flor e amor... lamentável!
    Bom fim de semana! Beijos

    ResponderEliminar
  12. NON Á VIOLENCIA, estou totalmente contigo. Saúdos

    ResponderEliminar
  13. Y la violencia de "arriba" genera muchas veces la violencia de "abajo".
    La corrupción, la indiferencia, la falta de respeto, etc, etc.
    Beijos, mi amiga!

    ResponderEliminar
  14. completamente de acordo
    e não haver justiça (e o que tardam
    os tribunais...) é violência!
    violência psicológica, quantas vezes mais grave que a violência física,
    é escandaloso como se passeiam livremente certos criminosos tão fãs de todas as violências!
    beijinhos

    ResponderEliminar
  15. Sou contra toda aforma de violêmcia fisica e verbal.
    Que podemos fazer, além de educar os nossos filhos, netos, alunos, etc, no respeito pelos outros.
    Um abraço e boa semana

    ResponderEliminar
  16. Amiga, obrigada e um tranquilo final de semana!
    Mas não é só em Portugal que essa "doença" prolifera...O mundo, as pessoas, até virtualmente, estão doentes e nos agridem gratuitamente e, de vítimas, somos julgados e "viramos" agressores sem direito de defesa...Entrego a Deus!Bjs

    ResponderEliminar
  17. E omo eu a sinto na pele, a começar pelo desemprego...
    Se calhar, um dia destes, não me contenho e sou eu que violento alguém...
    Beijos.

    ResponderEliminar
  18. DENUNCIAR, GRITAR, CASTIGAR OS VERGONHOSOS GOVERNANTES QUE TEMOS!
    PUGNAR POR ALTERNATIVAS AO PODER CENTRAL QUE NOS EXPLORA. LUTAR PELA DEMOCRACIA DIRECTA EM CÍRCULOS ELEITORES LOCAIS, EM QUE CADA DEPUTADO SEJA CONHECIDO DE PERTO POR QUEM O ELEGE.

    ACABAR COM A ACEITAÇÃO DA PARTIDOCRACIA DITATORIAL!

    E EXIGIR RESPONSABILIDADE PELAS ACÇÕES DOS DETENTORES DO PODER!

    Um abraço.
    Jorge P.G.

    ResponderEliminar
  19. Já não há palavras, São, para expressar a nossa indignação contra quem não tem vergonha...
    Um beijo para ti.

    ResponderEliminar
  20. Habería que acabar ca violencia pero haberá que pór en práctica unha fórmula adecuada. A base coma sempre a educación no respeto, a tolerancia, ...

    Boa fin de semana!

    ResponderEliminar
  21. Olá minha querida São, eu também estou farta de tanta violência, perguntas bem!!! Que vamos Fazer ?
    Algo tem que ser feito com urgência!
    Bom fim de semana, são os meus carinhosos votos, Amiga!
    Fernandinha

    ResponderEliminar
  22. Vc fez muito mais bom uso dessa tarjeta do que eu. Pode pegar o que quiser no meu Blog, viu? Vc pode ir tranqüilamente apreciar o meu novo post no meu Blog, pois devido a problemas com essa joça desse computador, só fiz a crítica de um filme, mil vezes visto, que merece ser mil vezes visto de novo, e postei poemas. Conto com vc.
    Um abraço,
    Renata
    wwwrenatacordeiro.blogspot.com

    ResponderEliminar
  23. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  24. Nasci assim ...

    A violência, que aceito pacificamente ... é mesmo uma violência.
    Fui assaltado, numa casa que possuo, (herdei), perto de Monção.
    Consegui descobrir quem foram os autores.
    Não chamei a GNR.
    Fui ter com eles e o 1º, levou com uma garrafa, que lhe estragou a "fachada". Foi de urgência para Viana do castelo.
    O outro também tenho a certeza que não me assalta mais ... deixei-o marcado.
    Aos 61 anos, se tivessem uma arma, calavam-me e eu ficava calado.
    Talvez não fosse bem assim ... mas.

    Nem vou contar os casos ...
    Quando sei que alguém maltrata uma mulher ... não é por ser mulher ... há mulheres que maltratam os homens ... é que não podemos viver divorciados dos sexos.
    (Há quem possa,. mas sobre isso não me pronuncio).
    Algum homem normal, vive sem uma mulher?
    E uma mulher normal, vive sem um homem?

    Mas o mais caricato é que há mulheres que gostam ... de apanhar, que se acobardam ... Ou têm medo ...

    Já resolvi alguns casos, até o dia que me dêem um tiro.
    Mas se morrer por uma boa causa ...

    Nunca desistirei de vivermos com a outra metade da nossa vida!!!
    Palavra do "josé torres"

    ResponderEliminar
  25. são! beleza de postagens. Mas aqui no Brasil a violência anda solta, porque não temos governo, não temos justiça. Condenação só para os pobres. Os corruptos com dinheiro, a eles não acontece nada. O Brasil está mesmo à beira do precipício, e o coitado do povo sem saúde e educação não tem garras para segurar na beirada do buraco e cai mesmo. O governo quer o povo doente e burro, para não haver perigo de revolução, acho que é isso. Olha que não moro no Rio, moro no Sul, em Porto Alegre, e a coisa aqui anda preta. é carnificina para todo lado, cada qual querendo tirar uma fatia maior do bolo, não importa se tem que matar. Tem um traficante poderoso preso, que escolhe onde quer ficar preso. Toda hora trocam ele de local, de helicoptero, com o dinheiro do governo, ele faz festas homericas na prisão, e banquetes regados à chandon e lagostas. Aí tu já viu como andam as coisas aqui, "direitos humanos" só existem prá bandidos. Para o povo nada.
    sãozinha, podes deletar este comentário, se assim achares melhor, não tem problema, só te escrevi isso para saberes que as coisas aqui andam pretas.
    É uma ditadura violenta que estamos vivendo, só que a mídia diz que é democracia, não sei onde.
    Espero não ter te incomodado com este comentário, mas é que não me aguentei e pensei em botar prá fora o que penso.

    Um esplêndido final de semana prá ti.
    Beijos.
    Cleo

    ResponderEliminar
  26. São,
    conseguiu transmitir o que nos marca nessa violência desmedida...
    Ligue a Tv e assista aos noticiários...
    Leia jornais e revistas...
    Abra sua porta e janelas...
    Abra a janela do seu carro...
    Abra seu coração...
    Pronto! A violência encontrando oportunidades, entra a fazer estragos...
    Somos hoje todos reféns...
    Temos de viver enclausurados...
    Trancados como prisioneiros...
    Enquanto os bandidos andam soltos (bandidos de todas as classes...)
    Ontem assisti em um canal de notícias a prisão de um pedófilo, engenheiro de 42, em São Paulo.
    Desta vez conseguiram rastrear pela Internet e encontraram o pervertido, com uma imensa coleção de vídeos de suas vítimas, entre elas uma criança de quatro anos...
    Meu estômago é fraco... A imagem ainda está em minhas retinas...
    Mas e os demais? As demais violências que existem no dia a dia?
    Que Deus nos ajude! E que estejamos sempre atentos, fazendo a nossa parte!
    Orai e vigiai!
    Contar com quem mais?
    Perdoe meu desabafo, mas também não me contive...
    Beijos e bom fim de semana, amiga!
    Helô

    ResponderEliminar
  27. SILÊNCIO CULPADO
    Minha querida Lídia, como é estimulante saber-te sempre no lado justo!
    Um abraço fraterno.

    ResponderEliminar
  28. MARIA
    Só me honra essa concordância.
    E , efectivamente, coisas existem que são obscenas mais do que violentas.
    Até sempre.

    ResponderEliminar
  29. ESPAÇO DO JOÃO
    Absloutamente de acordo.
    Neste momento, acho que há mais preocupação em proteger quem agride do que quem sofre a agressão.
    Temos que encontrar um equilíbrio na vida pública portuguesa, embora isso não seja fácil.
    Bom domingo.

    ResponderEliminar
  30. PEDRO OJEDA ESCUDERO
    Talvez não seja mais, mas é menos justificável.
    Um abraço.

    ResponderEliminar
  31. OLHOS DE MEL
    Alguma coisa temos que fazer para inverter a situação quer a nível pessoal quer como cidadãs, amiga.
    Bom domingo.

    ResponderEliminar
  32. TERTULIAS PARA PEROGRULLOS
    Muito obrigada pelo apoio, especialmente porque o futuro passa por pessoas tão jovens como tu.
    Feliz domingo.

    ResponderEliminar
  33. TAXI PLUVIOSO
    ...mas convém que domesticada!

    ResponderEliminar
  34. RODOLFO N
    Tocaste exctamente na ferida: os maus exemplos que vêm de cima!!
    Besos, meu caro.

    ResponderEliminar
  35. GAIVOTA
    Que podemos nós esperar quando nenhum dos crimes gravíssimos ( BCP, Casa Pia, Apitos...) de que nós temos conhrcimento são castigados?!
    Feliz domingo.

    ResponderEliminar
  36. ELVIRA CARVALHO
    Penso que podemos também (tentar) actuar politicamente, exigindo responsabilidades e sancionando( com o voto, por exemplo) os maus desempenhos.
    Feliz domingo com os seus.

    ResponderEliminar
  37. VANUZA PANTALEÃO
    Dessa violência gratuita também fui vítima muito recentemente, minha querida!
    Também entrego a Deus a justiça, mas não deixo de tentar fazer algo aqui, nem que seja pelo voto nas eleições e pela denúncia.
    Desejo-lhe uma estupenda semana com os seus.

    ResponderEliminar
  38. FILOXERA
    Pois , o maior perigo da violência é esse mesmo: poder engebdra reacções também elas violentas...
    Desejo sinceramente que consigas arrajar trabalho, linda.
    Feliz semana com os teus.

    ResponderEliminar
  39. JORGE SINEIRO:
    Ah! POis é isso mesmo que eu penso. Excelente!
    Feliz semana com os seus.

    ResponderEliminar
  40. GRAÇA PIRES:
    Nem palavras...nem pachorra para os sofrer!!
    Boa semana para ti em companhia dos teus.

    ResponderEliminar
  41. SILVANA
    DE acordo: a educação é realmente a base de tudo na vida, mas temos também que reagir politicamente e exigir responsabilidades a quem nos governa.
    Feliz semana em companhia dos teus.

    ResponderEliminar
  42. FERNANDA E POEMAS
    Fernandinha, linda, por vezes a vontade que tenho é fugir para os teus idilícos Açores e lá ficar sem televisão nem jornais...
    Feliz semana em companhia dos teus.

    ResponderEliminar
  43. RENATA CORDEIRO
    Já fui lembrar "O Paciente Inglês" e apreciei também todo o post, limitei-me só ao filme para o comentário não se alongar demasiado.
    Obrigada pela generosidade, linda.
    Feliz domingo com os seus.

    ResponderEliminar
  44. XISTOSA
    Meu caro Zé, garanto-lhe que uma mulher normal pode viver sem um homem!!
    Aliás, o meu lema é: " Antes só, que mal acompanhada".
    Quanto ao resto , estamos concordando.
    E quanto à coragem física que tem, não podemos esquecer que, infelizmente, existem pessoas cobardes...
    Feliz semana com os seus.

    ResponderEliminar
  45. CLEO
    A mim não incomodaste nada e nem tens que apresentar desculpas.
    Só fico triste por ficar sabendo a que estado de degradação as coisas chegaram aí nesse país com tantas potencialidades.
    Um abraço bem grande de feliz semana.

    ResponderEliminar
  46. ETERNAAPAIXONADA
    Não há razão para pedir desculpa e compreendo perfeitamente o asco que sente por patifes assim, que aliás, comungo de todo.
    Que Deus nos ajude e ilumine, amiga.
    Boa semana com os seus.

    ResponderEliminar
  47. tudo está a ficar mas é insano.

    LUIZ

    ResponderEliminar
  48. Nós? Vamos gritar, como tu gritaste. E vamos lutar. Contrariar, pelas nossas próprias acções toda esta violência que nos mancha. Ai se cada um de nós...
    Abraço forte, São

    ResponderEliminar
  49. Que assim seja, amiga!!
    Feliz semana.

    ResponderEliminar

"BENVEGUT AQUÈL QUE NOS VEN MANS DEBÈRTAS"
(Saudação Cátara)

Arquivo do blogue