sexta-feira, abril 21, 2017

PARA MEU PAI

20 comentários:

  1. Respostas
    1. Há muito tempo que admiro este cantor e gostaria muito de o ouvir ao vivo

      Abraços

      Eliminar
  2. Não conhecia, mas é muito bom!

    Beijinho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que bom teres gostado.Beijinho de bom fim de semana

      Eliminar
  3. Respostas
    1. Folgo que te tenha agradado

      Fica bem, meu amigo

      Eliminar
  4. Só se oferece o que se ama... Belíssimo, não conhecia. Algo que nos enche a alma. Adicionei para ouvir tudo.
    Bjinho, São :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Há muito tempo que me delicio com Dhafer e oxalá o possa ver actuar ao vivo.

      Beijinhos gratos com votos de excelente fim de semana, amiga

      Eliminar
  5. Olá, querida São!

    "Para Meu Pai" escreveu, como título. Nascimento, partida, apenas muitas lembranças e saudades...?

    Escolhe sempre músicas invulgares e eu ao ouvir esta, esta sinfonia, imaginei-me, logo, no Sarah, caminhando na areia quente, com vestido árabe, branco, assim, perdida e encantada, encontrada. Eles, Árabes, têm um "je ne sais pas quoi", k não sei explicar, e k me atrai e seduz.

    Nós, alentejanos, temos sangue árabe, sem dúvida, e na nossa cultura há mto deles: o lencinho ao pescoço nos homens, as mulheres de rebuço, o luto durante mto tempo, o proteger-se do sol, a seriedade e a fidelidade.

    Não sei ser sucinta, em palavras, mas isso não significa que eu diga mais que a São. Sempre escrevi mto e com alguma imaginação.

    Bom fin de semaine.

    Bisous, chérie!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ma chérie, como sabe eu não nasci no Alentejo e só por acaso ( ou talvez não) nasci em Lisboa.

      Porém, a minha ascendência é todinha alentejana e não é necessário um lugar físico para que a pessoa pertença ao espírito de uma cultura.

      Consequentemente SOU ALENTEJANA!

      Dos árabes também gosto imensamente e até a nível de religião - e eu não pratico nenhuma - estou muitissimo mais próxima do Islão do que do Cristianismo.

      Adoro a sobriedade das mesquitas , a ausência de imagens e concordo absolutamente que a divindade é uma só e não dividida, por exemplo.

      Bisous, mon amie et heureuse semaine.

      ( Por causa desta nosso gosto pelo francês, lembrei-me de si no palácio da Brejoeira onde encontrei um livro de poesia bilingue : português e francês.Porém, poesia só na língua original, sinceramente)

      Eliminar
  6. Não seja a última,
    a quem bem a merece
    essa excelente música
    que a seu pai oferece!

    Tenha um bom fim de semana amiga São, um abraço,
    Eduardo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Meu Pai, infelizmente, já não pode ouvir esta música , pois deixou-nos a 21/4/1999.

      Mas viverá sempre no meu coração enquanto eu for gente.

      Abraço, amigo, boa semana

      Eliminar
  7. Uma bonita prenda para o seu pai, São.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda bem que assim pensa, Pedro.
      Feliz 25 de Abril !

      Eliminar
  8. Bela música numa comovente homenagem ao teu pai, São.
    Uma boa semana.
    Beijo grande.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que bom pensares assim

      Abraço de sempre Abril, Graça

      Eliminar

"BENVEGUT AQUÈL QUE NOS VEN MANS DEBÈRTAS"
(Saudação Cátara)

Arquivo do blogue