quinta-feira, dezembro 11, 2014

Mia Couto -- "Há quem tenha medo que o medo acabe"

40 comentários:

  1. ~ Em relação ao medo, nós vivenciamos os efeitos mais deploráveis da política do medo. Paralisados pelo espectro da bancarrota, deixamo-nos governar por um conjunto de elementos que demonstraram não possuir nem capacidade, nem qualidades para o desempenho de tais funções. Assistimos estarrecidos à alienação do nosso património, sem nada fazer.!!

    ~ ~ Mia Couto, um pensador extraordinário pelo seu arguto discernimento e pela clareza de espírito e de expressão. ~ ~

    ~ ~ ~ Abraço amigo. ~ ~ ~

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bem vinda!

      Mia Couto, além de excelente escritor, é uma pessoa admirável e com um lúcido e escorreito pensamento.

      O medo é-nos reforçado pela apatia e pela tremenda falta de cultura e vem-nos ainda da ditadura salazarista.

      Ou as gerações mais jovens conseguem levantar-se ou voltamos no essencial a um "apagada e vil tristeza" que nos sufocará até à extinção como povo e que, francamente, acho que se continuarmos deste jeito ocorrerá em menos de um século !!

      Minha querida Majo, abraço de matar saudades :)

      Eliminar
  2. sei do que tenho medo e bem gostava que ele se finasse!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Então, oxalá consigas deixar de ter medo, seja qual for o motivo.

      Eu, infelizmente, sei o que receio , mas sei também que não vou deixar de ter pois face ao que me assusta sou impotente: só posso erguer a voz e pouco mais!

      Bom serão :)

      Eliminar
  3. Respostas
    1. Meu também, Rogério.

      Portanto, já somos três !

      Eliminar
  4. O medo dá de comer a muita gente... enquanto outros morrem à fome.

    ResponderEliminar
  5. Gostaria de nao ter medo...

    Beijos, São...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Minha amiga, não consegui entrar no seu blogue!

      Medo, não tenho...receio, algum.

      Temos é de o vencer.

      Abraço grande :)

      Eliminar
  6. Sem medo, o complexo militar-industrial ruiria e os desgovernos seriam derrubados.
    Beijo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ora aí está toda a verdade em palavras breves !!

      Abraço grande, Lino.

      Eliminar
  7. E eu que nunca li nada de MIA COUTO, não com medo de não o compreender...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se nunca leste... nem sabes o que perdes.

      Bom resto de fim de semana :)

      Eliminar
  8. Adoro as obras do Mia Couto...no seu jeito bem especial de escrever como só ele sabe!
    Eu só tenho um medo...o da MORTE!
    Bj amigo São

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O meu único medo é do sofrimento!

      Minha amiga, bom resto de fim de semana, e tudo de bom para sua mãe

      Eliminar
  9. Tiro certeiro de Mia Couto, um dos mais admiráveis escritores contemporâneos da língua portuguesa.
    Uma boa noite, amiga

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amigo, se permites , assino contigo !

      Bom resto de fim de semana :)

      Eliminar
  10. Posso subscrever, na íntegra, o comentário do Carlos??

    ResponderEliminar
  11. Olá, São!

    Análise lúcida de quem não tem medo de usar a palavra; num mundo dominado por poderosos interesses, a quem a muitos a palavra é cortada-e a verdade escondida.
    Curiosamente e a propósito deste tema, depois de ter sido publicado nos EUA o relatório sobre a tortura por parte da CIA, por cá quase não foi notícia, e muito menos objecto de análise - como se o mesmo não tivesse interesse para nós, ou fosse mera curiosidade insignificante...
    A subserviência e servilismo não tem limites...!

    Um bom fim de semana, abraço amigo.
    Vitor

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Infelizmente , a maior parte das pessoas não tem dignidade nem coragem e por isso servem os interesses de países sem verdadeira Democracia como são Israel e EUA.

      Haja quem sendo uma verdadeira Pessoa, com valores e princípios como Mia Couto, levante a voz para denunciar crimes e injustiças !

      Resto de bom domingo e exfelente semana, meu amigo

      Eliminar
  12. Mia Couto é um lúcido muito incómodo para os senhores do medo! Bom ouvi-lo aqui.
    Beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sempre bom ouvir uma voz justa !

      beijinhos amigos, Aninhas

      Eliminar
  13. Sem dúvida! Era uma enorme chatice para alguns políticos, que contam com esse medo (e os guarda-costas) para se safaram das suas safadezas...

    Beijocas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querida,safam-se fisicamente e agora, mas jamais conseguirão libertar-se da Lei de Retorno e podes crer que existe e funciona mesmo!

      Bom resto de fim de semana e beijufas :)

      Eliminar
  14. Já conhecia , mas repetir foi um prazer .
    Gosto muito deste senhor e do que diz .

    Um beijo , São ,e bom fim de semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também eu o aprecio imenso.

      Beijinhos e feliz semana, Maria

      Eliminar
  15. O medo dá lucro. Enquanto estivermos encolhidos com medo de nos mostrar o mundo vai avançando e nós ficamos para trás.

    Bom fim de semana.

    Bj

    Olinda

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se dá. querida Olinda, se dá: é mesmo por isso que os senhores da guerra o estimulam.

      E também acho que nos devemos erguer e lutar de todas as maneiras possíveis !

      Grande abraço e que seja boa a sua semana

      Eliminar
  16. Oi, São!
    Não é temerário dizer que o medo mata mais que qualquer arma, que qualquer epidemia ou catástrofe. O medo tem impregnado pessoas que por ele mesmo temem reagir e lutar. Dessa forma, ele conseguiu se instalar no âmago do ser humano e assim guia e dirige a humanidade. Nas artes marciais, existe um ditado que diz: "Quem teme perder já está vencido".
    Beijus,

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esse ditado está correctissimo.

      Não direi que jamais senti medo, mas nunca isso me impediu de lutar e dizer o que penso.

      Abraço grande e alegre quadra festiva, Luma :)

      Eliminar
  17. Neninha querida
    Para veres como anda a minha cabeça... :(((
    Interpretei como sendo apenas UM post estes dois últimos, e comentei, no anterior, o da "senhora" Jonet...
    Então, acerca de Mia Couto, de quem, há MUITO tempo sou "fã de carteirinha" - como dizem os brasileiros - é um Homem sem medo!
    Todos nós temos medos, uns confessados outros escondidos... mas não ter medo de falar a verdade, alto e em bom som, não é para todos.
    Percamos o medo e deixemos a nossa alma gritar o que lhe vai dentro!

    Um óptimo Domingo para ti, minha querida.
    Beijinhos
    Mariazita

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nenhinha querida, não te preocupes , que eu percebi e , além disso, não tem importância nenhuma !

      Importante, sim, é que - como espero - tu estejas bem e que a tua filha esteja a recuperar sem problemas.

      A Jonet e afins só medram porque existem criaturas tão medíocres quanto elas.

      Graças a Deus, também existem Pessoas como Mia Couto capazes de tomarem a devida posição contra os senhores do mundo e da guerra.

      Minha querida, para ti um caloros e longo abraço e para tua filha as melhoras.

      Eliminar
  18. Respostas
    1. Também eu gosto muito dele :)

      Eliminar
  19. Amiga São, já ouvi esta intervenção do Mia Couto, proferida durante a Conferência do Estoril, em 2011, várias vezes e nunca me canso. Partilho cabalmente este pensamento. Do Mia só acrescento que fico sempre deslumbrada com a sua capacidade de recriar o léxico e com a sua discorrência narrativa. UM SENHOR!
    Bjo, amiga :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Assino por baixo o comentário, Odete.

      Beijinhossssss

      Eliminar
  20. Temos que meter medo ao medo, ou constituir uma comissão parlamentar para o investigar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mais uma ?! Deus nos livre...

      Boa semana

      Eliminar

"BENVEGUT AQUÈL QUE NOS VEN MANS DEBÈRTAS"
(Saudação Cátara)

Arquivo do blogue