quinta-feira, fevereiro 13, 2014

PENSAMENTO : JOSÉ SARAMAGO

30 comentários:

  1. A citação, diz tudo...
    beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. penso ser uma pena que , por avareza de algumas criaturas , haja tanta e tão funda desigualdade que ainda se necessite de caridade...

      Bom Dia dos Namorados, rrss

      Eliminar
  2. Nem mais. A bondade e a justiça, dois valores que deviam nortear a nossa vida.

    Querida são, já terminei a história. Muito obrigada pela sua participação, que foi decisiva.

    :)

    Bj

    Olinda

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E que deveriam ser a base de actuação de quem tem Poder!

      Minha amiga, obrigada por me ter ouvido quanto à conclusão do seu tão bem escrito conto, rrss

      Excelente Dia de S. Valentim,

      Eliminar
  3. Olá, São!

    Tendo ele sido um homem sábio e bom, tal afirmação só poderia ser uma grande verdade. Ao contrário da visão de Jonet, liberal, que entende que o estado se deve demitir dessa sua responsabilidade, deixando os mais pobres e sem recursos à mercê da caridadezinha...

    Um abraço
    Vitor

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Meu caro amigo, assino por baixo mais uma vez um comentário teu!

      Bom Dia de S. Valentim, rrss

      Eliminar
  4. Adoro Saramago... para mim o melhoe emtre os melhores...

    Beijos...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo...e , tive o gosto de falar com ele duas vezes.

      Uma pessoa que aceitava as opiniões, mesmo as não muito favoráveis, com uma calma e uma educação exemplares.

      Abraço grande

      Eliminar
  5. Respostas
    1. Erros, quem os não tem?

      Nada para pedir desculpa, rrrss

      Bom fim de semana, Frida

      Eliminar
  6. A caridade revela-se necessária quando os governos falham e as assimetrias se tornam gritantes.
    Abraço do Zé

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo, só que -infelizmente - o que mais se pratica é a caridadezinha .Além de não cortar pela raíz os males que levam às actuais e gritantes desigualdades ...

      Tudo de bom.

      Eliminar
  7. Grande sábio era o Zé da Azinhaga!
    Um beijo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo plenamente, Lino!

      Abraços

      Eliminar
  8. De uma actualidade laminar!

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Infelizmente, sim!

      Porque cada vez mais as desigualdades se agravam...

      Aninhas, bom fim de semana

      Eliminar
  9. Pensamento verdadeiro...bem actual!!! Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pena que seja tão actual não é?

      Abraço amigo, Maria da Graça

      Eliminar
  10. OI SÃO!
    SABEDORIA PURA...
    ABRÇS

    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Saramago era um homem que vinha do povo e que teve uns avós marcantes para a sua personalidade...e isso ajuda muito.

      Minha querida, bom fim de semana

      Eliminar
  11. Excelente, São!! É isso mesmo!

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nem há outra maneira de encarar as coisas, pois não?

      Abraço grande, Graça!

      Eliminar
  12. Com este, sim, estou de acordo.
    Obrigado pela dica sobre a a carta ao Dux. Vou ler
    Tem uma noite boa, amiga

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nem outra coisa esperaria de ti, amigo.

      Farás o favor , depois, de dizer o que achaste da Carta, sim?


      Tudo de bom

      Eliminar
  13. Respostas
    1. Estamos , então, de acordo!

      Bom Dia de S. Valentim, rrss

      Eliminar
  14. Então, valha-nos a caridade...
    Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Seria preferível a justa distribuição de riqueza, pois neste momento há hipóteses de toda a gente ter o essencial para viver com dignidade.

      O pecado original é a ganância de umas quantas criaturas que esbanjam enquanto outras morrem de fome e assim se gerando a brutal desigualdade social que vai aumentando cada vez mais.

      Bom Dia de S. Valentim, rrss

      Eliminar
  15. Foi a primeira coisa que Passos fez quando chegou ao governo, tratar da caridade para os pobres e a caridade para os ricos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caridade para os ricos, concordo...mas para os pobres foi mais a caridadezinha e a exportação em massa

      Fica bem

      Eliminar

"BENVEGUT AQUÈL QUE NOS VEN MANS DEBÈRTAS"
(Saudação Cátara)

Arquivo do blogue