quarta-feira, julho 11, 2012

PENSAMENTO: TORGA

"É um fenómeno curioso:



o país ergue-se indignado,


moureja o dia inteiro indignado,


come,


bebe

e diverte-se indignado,


mas não passa disto. 

Somos, socialmente,
 uma colectividade pacífica de revoltados."


MIGUEL TORGA

34 comentários:

  1. Torga tinha uma extraordinária capacidade de nos chamar "mansos".

    mil beijinhos, querida amiga minha

    ResponderEliminar
  2. Pelos vistos pouco ou nada mudou em mais de 50 anos...
    è preciso acordar este povo.
    Cumps

    ResponderEliminar
  3. om dia, querida São

    Excelente pensamento de Torga que nos dá que pensar... É o país dos mansos costumes.
    As fotos estão muito bem enquadradas. :)

    Bj

    Olinda

    ResponderEliminar
  4. :)

    o 'B' do 'bom dia' ficou no tinteiro, aliás, desapareceu no teclado... :))

    Bj

    ResponderEliminar
  5. Minha flor, e não somos, real e desgraçadamente, "mansos"?!

    Minha querida, a sua generosidade é bem grande, porque comparadas com as sua obras de arte, pobrinhas delas... RRss

    Abraço bem estreito, NININHA.

    ResponderEliminar
  6. Bem visto e bem documentado...contudo também temos que ver que somos seres plurais! :-))

    Abraço

    ResponderEliminar
  7. Este nosso país não é capaz de levar as coisas às últimas consequ~encias. Um bom exemplo disso são as touradas: em Espanha vão até à morte do animal e poupam-lhe um horrível sofrimento, aqui é o que se sabe!

    Quanto ao teclado e à Net, parece que por vezes têm vontade própria, rrss


    O meu grato abraço.

    ResponderEliminar
  8. E como se acorda quem prefere dormir?!

    Um abraço, GUARDIÃO

    ResponderEliminar
  9. ROSINHA, somos seres plurais, efctivamente, mas não se nota muito, rrsss

    Um grato abraço pelo apreço e beijinhos ao Dinis.

    ResponderEliminar
  10. :))
    As minhas são montagens, querida amiga. Se as pusesse assim em grande, veria que têm muitos defeitos (queixo-me da máquina, que nunca percebi, mas na realidade o maior problema é da fotógrafa:))

    Quanto às obras, eu juro que a hei de ensinar!:))

    (Que confusão me faz esta coisa do acordo que me obriga a tirar os hífens. Se não fosse obrigada a aprender para ensinar, mandava o acordo às urtigas!lol)

    mais beijinhos
    (hoje estou em volta dos backups:))

    ResponderEliminar
  11. P.S: quanto a Torga, claro que tem razão! Contra mim falo, que morro de medo de ficar sem trabalho ou de me porem a dar aulas à noite e não ter como deixar o meu filho.
    E assim vamos andando. E este (des)governo aproveita-se bem de gente como eu (se bem que ainda me não cale de todo!)

    bjis mil

    ResponderEliminar
  12. Filhota, não se acuse assim tanto, pois é natural recear ficar desempregada .

    Mas há uma coisa que todos nós podemos fazer : é usar bem o voto.

    E, infelizmente, em Portugal as pessoas continuam a encarar a política como encaram o futebol( e o resto, verdade seja dita), isto é com espirito de clubite e sem sentido crítico.

    Ou, pior, abstendo-se e não participando civicamente.

    Como muito bem sabe, eu interesso-me muitissimo por política, mas não pertenço a nenhum partido(assim como não pertenço a nenhuma religião, embora seja crente) !

    E quando trabalhava nunca deixei de dizer o que pensava nem de fazer greves quando achei razão para tal. Até porque fui sindicalista.

    Temos de manter a nossa capacidade de análise e perfeita independência: só assim faremos escolhas , oelo menos, razoàveis.

    Beijinhos, lindinha

    ResponderEliminar
  13. Nininha, de coração agradeço a sua boa vontade, mas nem vale apena, rrss

    Sou completamente incapaz de chegar a essas perfeições de montagens e afins!!

    Quanto à máquina, é verdade que tenho uma bastante boa, mas que a meu pedido foi automatizada.

    Aqui entre nós, que não somos ouvidas, não tirei fotos do Museu do Oriente nem do de S.Roque por não saber desligar o flash, imagine!!!

    POis, coomo graças a DEus me posso dar a esse luxo, não respeito o malfadado Acordo, que considero completamente abstruso.

    A Inglaterra fez algum Acordo com os EUA, por exemplo? Que eu saiba , não!!

    Abraço apertado, minha linda.

    ResponderEliminar
  14. Com toda a razão ...dizes-me que estiveste lá(nos locais das fotos)...revoltas-te, indignas-te e pronto, lá diz o outro poeta: "o mundo pula e avança como bola colorida entre as mãos de uma criança"
    Mas tu e eu vamos continuar a
    erguermo-nos indignados
    mourejarmo-nos indignados
    comer
    beber
    divertirmo-nos indignados

    mas...
    revoltados e VIVOS
    (por isso há quem diga que prefere ser um cobarde vivo a um herói morto)

    Bjinho e fui de férias (revoltada , mas vou)...

    ResponderEliminar
  15. Querida Maria, eu faço o que posso - aliás, sempre fiz - mas neste momento é mais importante não permitir que o mundo me altere do que eu alterar o mundo...

    Que tenhas óptimas e repousantes férias, rrss

    ResponderEliminar
  16. Talvez porque não esteja tãããão indignado assim. É que a vida é curta pra tanta indignação. E porque julho e agosto não são meses apropriados para se indignarem...a não ser pelas extensas filas nos restaurantes no Algarve.
    É algo que me foge à compreensão, mas não me causa indignação.

    "E biba um cumbíbio, pá"!

    ResponderEliminar
  17. Ao contrário de "nuestros hermanos" que vieram para a rua gritar e, pelas fotos que já vi, a manifestação não correu nada bem! :(

    Beijocas, São!

    ResponderEliminar
  18. Palavras que eram, são e serão assim o acredito sempre actuais.
    beijinhos

    ResponderEliminar
  19. Se Torga fosse vivo
    Hoje estaria frente ao Ministério...

    ResponderEliminar
  20. Para mal dos nossos pecados, és capaz de estar certa, maiga.

    Bons sonhos

    ResponderEliminar
  21. Sem dúvida!

    Um abraço, ROGÉRIO

    ResponderEliminar
  22. Nuestros hermanos têm uma força que nós não temos!

    Vá lá que a manifestação dos médicos foi enorme, felizmente.

    Bons sonhos, TETÉ

    ResponderEliminar
  23. Bem regressada , PITANGA!


    Os portugueses só se indignam quando acham que o seu clube foi prejudicado pela arbitragem, rrsss

    <Ao Algarve recuso-me a ir, particularmente no Verão!~


    Bons sonhos.

    ResponderEliminar
  24. Somos muito, muito pouco reivindicativos. Pena...

    ResponderEliminar
  25. Infelizmente, assim é...exceptuando no futebol e nas estradas.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  26. Querida São...longe de mim querer que alteres o mundo porque estou do mesmo lado da barricada...mas agora garanto-te que me estou danando para o mundo ..fui de férias....detesto o Algarve no verão...mas vou voltar com força para tentar mudar o mundo...e não pertenço à geração rasca que atingiu o poder e está instalada no mesmo...
    grande beijinho desta "Maria" e que a vida te sorria sempre***

    ResponderEliminar
  27. Minha linda, posso assinar po baixo o teu comentário, posso?

    Um abraço com desejos de excelentes férias. rrss

    ResponderEliminar
  28. Pois, como diria o Solnado!
    Abraço

    ResponderEliminar
  29. Pois, pois!

    E assim continuamos.

    Um abraço

    ResponderEliminar
  30. E assim é que deve ser ou o Miguel Macedo não teria mãos a medir (a instigar os seus muchachos para prenderem).

    ResponderEliminar
  31. Sejamos então bando de amorfos enquanto em Espanha as maifestações juntam milhões!

    Cuida-te, que fazes falta na blogosfera.

    ResponderEliminar
  32. Os portugueses podem guiar um carro velho e não terem dinheiro, e o estado estar arruinado. Mas não lhe tirem as autoestradas. bem verdade.

    ResponderEliminar
  33. Destes por aqui se poderá dizer o mesmo. C'est lá vie!

    Beijinhos e abraços, São querida!

    ResponderEliminar

"BENVEGUT AQUÈL QUE NOS VEN MANS DEBÈRTAS"
(Saudação Cátara)

Arquivo do blogue