sábado, abril 25, 2015

ABRIL E LIBERDADE

25 de Abril  de 1975!

Pela primeira vez , o povo português acedeu às urnas para eleições livres e assim escolher quem governaria o país.

Pela primeira vez também, as mulheres puderam exercer um direito legítimo e fundamental que a ditadura de Oliveira Salazar e Marcelo Caetano lhe tinha negado : o de votar.

A percentagem de votantes, que fizeram filas enormes desde muito cedo às portas das assembleias de voto, ultrapassou os 90%.

As Forças Armadas , cujo golpe derrubara o regime em 25 de Abril de 1974, cumpriam a sua promessa de permitir eleições .

O Partido Socialista foi o vencedor e a Assembleia Constituinte começou o seu trabalho.

A qualidade d@s deputad@s era muito grande e todas as classes  estavam representadas.

O sonho e a esperança andavam de mãos dadas e o Futuro era nosso .

Tudo nos parecia possível, apesar dos riscos e da confusão por vezes reinantes.

Passados que são quarenta anos, lamentavelmente a qualidade dos políticos diminuiu substancialmente e as políticas seguidas por quem foi eleito são feitas não para defender o povo português , mas sim para o esmagar impiedosamente sob uma carga brutal de impostos - com cada vez menos resultados de serviços públicos correspondentes e uma qualidade a raiar a nula.

O mais preocupante é tudo isto resultar , de maneira errada, numa abstenção  cada vez maior, pois lamentavelmente as pessoas afastam-se e acabam por entregar sem sequer lutarem as suas vidas e o país nas mãos de quem mente e defende exclusivamente os seus interesses e os dos Senhores do Mundo .

Pessoalmente, considero uma tremenda falta de gratidão  para com quem deu a sua vida, por vezes literalmente, para que pudéssemos viver em liberdade. Particularmente   nós, mulheres. 

Além disso, quem se demite perde direito ao protesto. 

Veremos  como vão ser as próximas eleições legislativas , inquinadas que estão por aproveitamentos políticos de casos de polícia, e sendo o actual Governo useiro e vezeiro em comportamentos absolutamente censuráveis pela mentira e pela irresponsabilidade, mas que beneficiou os poderosos .

Portugal é o mais antigo país da Europa e não podemos permitir que o estrangulem até à sua desaparição completa.

Que as pessoas reflictam bem na decisão que  vão tomar e o façam conscientemente, seja ela qual for!

32 comentários:

  1. Votam e ouvem Deus, como não podia deixar de ser num país onde só o padre, a luta a favor ou contra, levanta o povo em indignação. Deus levou Sá Carneiro e disse: Deste trato eu, agora vejam lá o que escolhem. E o povo soberano tem escolhido os melhores que nos fizeram, além dos mais velhos, os mais ricos da Europa e do mundo.

    Bom regresso no dia de ouvir o discurso de Cavaco.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A alegria é que , ontem foi a derradeira vez que o reformado de Boliqueime botou faladura no 25 de Abril!!!

      Face às criaturas que tomaram conta do PSD, Carneiro até era preferível.

      Nós , portugueses, só nos indignamos com os árbitros e pouco mais.

      Veremos o que vai resultar das legislativas...só estou para ver, embora eu não creia em sondagens que dão o PSD a subir ( ?!)

      Fica bem

      Eliminar
  2. Precisamos sim de outro 25 de abril! Desta feita para correr com a classe política e com os interesses que a rodeiam e claro que não defendem os nossos interesses, os interesses do povo, bem pelo contrário, tanto interesse em ir para o poleiro, tem como objetivo mergulhar nos interesses que estão instalados e que faz os políticos se governarem a eles e não governarem o povo como lhes compete....
    Eu nada fiz para estar a levar por tabela com esta austeridade, os erros são dos governantes e por algum motivo.... mas tenho de ser eu, temos de ser nós a pagar pelo que não fizemos.
    Não vou votar, pois é tudo igual ao mesmo. Isto só muda, quando alguém do povo que não pertencente à classe política e logo não obedeça aos lobys instalados, assuma as responsabilidades do país e vá defender os interesses do povo! Atualmente o povo não tem opção de escolha, vira o disco, muda a cor e toca o mesmo, é mais do mesmo. O que querem é poleiro e é à vez...

    Vergonha dos nossos políticos, vergonha de todos os que estão sentados na assembleia da república em número excessivo...

    Saudações democráticas que é coisa que este atual governo tem tentado enterrar sem dó nem piedade!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eliminar a classe política não me parece viável, muito menos aconselhável, pois caso contrário regressaríamos à ditadura e garanto-lhe que é muitissimo pior.

      Agora o que tem que fazer é renovar quem por aí nada a pensar só em , mas isto passa também por todo o panorama mundial.

      Veja-se a tragédia das pessoas que morrem afogadas no Mediterrâneo porque os EUA e apoiantes se arrogam o direito de interferir em diversos países , só porque há lá petróleo , por exemplo.

      Se não estamos satisfeotos com as forças em presenla, podemos sempre riscar o boletim de voto ou até votar em branco.

      Não votar é que não me parece que resolva alguma coisa, até porque quem está a destruir a Democracia, Ah, essas criaturas votam sempre, não esquecer!

      O Brasil tem o voto obrigatório, começo a pensar que talvez mais 50% de abstenção num país pequeno como o nosso o justifuqiem.

      Saudaç~oes democráticas, que como bem diz o actual bando no Poder tudo está fazendo para destruir!

      Eliminar
  3. A memória do que foi. Não deixemos morrer o sonho. A todo o custo...
    Beijos e 25 de Abril SEMPRE.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, não podemos desistir!

      Penso que em situações complicadas como a que está acontecendo, temos que lutar, mesmo sem grandes esperanças de vitória.

      A nossa geração é uma geração de mudanças boas e más , um carrocel de emoções - mas sempre a mesma vontade de erguer a cabeça.

      Beijinhos e boa semana

      Eliminar
  4. ~
    ~ ~ Apoio e subscrevo as tuas palavras, querida São. ~ ~

    ~ ~ ~ ~ ~ Grande abraço, amiga. ~ ~ ~ ~ ~
    ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
    .

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gratissimo abraço pela tua agradável companhia, minha amiga !

      Feliz semana e até ao 1º de Maio..

      Eliminar
  5. É isso, São. Perseguir o sonho de um país livre e justo é o nosso dever.
    E para isso devemos utilizar o direito de voto que nos é conferido pela Constituição, e votar em consciência.

    Um bom dia para si, cara amiga.


    Abraço

    Olinda

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não me surpreende que concorde comigo, mas fico muito satisfeita pela companhia assumida !

      Se não votarmos , tudo piora!!

      Quem não gosta de nenhuma das opções partidárias, pode sempre riscar o Boletim de voto.

      Abraço grande, querida Olinda, e boa semana

      Eliminar
  6. Tempos épicos aqueles que aqui relembras, São! E que carneirinhos (ou encarneirados?) "estamos" agora!!

    À luta, porém!!

    Beijinhos revolucionários.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda impressionada com a triste actualidade do poema de Manuel Alegre que publicaste e eu nunca lera, embora soubesse da sua existência, te afirmo que nunca deixarei de lutar por aquilo em que acredito!

      Abraço solidário , companheira !

      Eliminar
  7. Um texto de verdade e sentimento, minha boa Amiga. Obrigado, com a esperança de que seremos capazes de honrar quem, de forma altruista, ofereceu a Liberdade a todos sem discriminações e hoje se vê discriminado!

    Um grande abraço solidário. Venceremos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não disse lá, mas digo agora que o quadro é lindo !

      ESperemos que sim, que haja quem lute e, porque toda a gente é necessária para levar de vencida estas criaturas que nos sugando tudo!

      Um apertado e fraterno e grato abraço, Amigo

      Eliminar
  8. Temos de continuar a lutar. Os bonzos estão nas TVs, contentinhos da silva, a tentar enganar os portugueses mais uma vez!
    Um beijo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E será que os portugueses se vão deixar enganar?! Se sim, é porque merecem tudo o que a Direita lhe tem feito cair deliberadamente em cima !!

      Lutemos, sim, e sempre!

      Boa semana e abraços

      Eliminar
  9. Ayer, como casi todos los años, publiqué mi entrada con referencias a aquel 25 de abril. Que no se pierda el espíritu revolucionario.
    Besos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sei, querido amigo, eu comentei e te agradeço imenso !

      O espirito revolucionário anda muito em baixo , infelizmente.Até receio o resultado das próximas eleições...

      Abraço caloroso e bom domingo

      Eliminar
  10. Outrora havia um samba que era mais ou menos assim:
    "Se liga na moral,
    abre o olho
    Quem vai pela cabeça dos outros
    é piolho"

    Pois que ninguém queira ser piolho nas próximas eleições e votem de olhos bem abertos.
    E sobretudo que o façam. Que não vão para a praia, o futebol, e o cinema e deixem nas mãos de meia dúzia o seu futuro.
    Um abraço e bom domingo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estou totalmente de acordo.

      Até porque, no caso (compreensível) de se não acreditar em quem se apresenta a eleições, pode-se sempre traçar o boletim de voto ou votar em branco.

      Agora deixar de votar é que, realmente, não me parece a melhor solução .Nem sequer como forma de protesto.

      Beijinhos e feliz semana.

      Eliminar
  11. são no Brasil o dia 21 de abril é histórico e feriado porquecomemoramos o dia do Tiradentes e a morte de Tancredo Neves e as eleiçoes diretas. E dia 22 de abril descobrimento do Brasil pelos portugueses. Mesmo que hoje se diz que o Brasil já estava descoberto. Mas enfim....
    com carinho Monica

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tiradentes que morreu pela liberdade!

      Eleições directas algo tão importante que se não pode perder...

      Parece que sim, que - dada a questão levada tão a peito no Tratado de Tordesilhas pelos portugueses - o Brasil já havia sido descoberto ...

      Beijinhos com muita estima e que seja feliz a sua semana, amiga :)

      Eliminar
  12. 25 de Abril, Sempre!...

    beijo

    ResponderEliminar
  13. Infelizmente este povo tem feito más escolhas, mas tudo pode mudar, bastando para isso castigar nas urnas os responsáveis pelo estado do país. Que ninguém fique em casa para depois se lamentar do que acontece...
    Cunps

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Posso assinar por baixo, meu caro José?

      Boa semana

      Eliminar
  14. George Carlin não votava.
    E não votava porque não acreditava nas alternativas (????) que lhe eram mostradas.
    Ao contrário do que a São escreve, o George Carlin dizia que ele, exactamente porque não tinha votado, podia abertamente criticar quem lhe apetecesse.
    Como o George Carlin, deixei de acreditar nas alternativas (????) desde os finais dos anos 80.
    E sinto-me perfeitamente livre para criticar quem quiser.
    Até porque não foi eleito com o meu voto.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Carlin será muito mais inteligente do que eu, mas francamente não me parece que tenha razão neste tema.

      Para quem não acredita nas alternativas ( que cada vez mais o não são , como se pode facilmente constatar), existem duas opções : riscar o boletim ou votar em branco.

      Porque eu nunca disse que se deve votar num Partido ou num candidato,Mas para mim não votar, com todo o respeito que as pessoas me merecem, é a demissão e o entregar nas mãos de outrem o seu destino e o do pais.

      É um pouco como se aparecesse uma doença terminal e nós não querermos ser medicados porque não há nada a fazer...

      Uma boa semana para si e meninas :)

      Eliminar
  15. Saudades desses tempos, amiga!
    Os tempos agora são outros e sem razões para optimismos. Não te admires se nos próximos tempos andar um pouco arredio, mas a minha saúde não atravessa um bom momento e por vezes é difícil manter as visitas diárias.
    Tudo de bom para ti.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Passei um mau bocado graças ao PCP, mas realmente foi uma época vibrante e com perspectivas .

      Ao contrário deste tempo de escuridão que nos abafa e ao mundo...

      O que mais dói é ser propositado e em favor de alguns , que esmagam o simples direito de viver a milhões de pessoas..

      Faço votos, meu amigo, para que os teus problemas de saúde não sejam graves e que te restabeleças rapidamente e em definitivo.

      Abraço solidário.

      Eliminar
  16. Senti-me nostálgica assistindo às comemorações. Sobretudo, irritou-me a hipocrisia de tantos, assim como a diferença abismal no que concerne ao poder do voto. Hoje ganha a abstenção e parece ser irreversível esta atitude dos cidadãos... De resto, já sabes o que penso...
    (tenho, em cerca de 4 ou 5 páginas, o meu testemunho sobre a minha vivência do 25 de Abril, publicado numa coletânea, uma memória que me é história...)
    Bjo, São
    (sabes o que disse em casa quando foi eleito o atual presidente, entre outras coisas? - o que me vai custar mais é ter que ouvir esta voz que só por si, é irritante...)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Partilho completamente esse teu estado de alma.

      O único bocadinho que ouvi foi da criatura do CDS que afirmou a sua legitimidade porque o povo votou , esquecendo-de das mentiras que foram conscientemente ditas e de tudo o que fizeram para a Troika entrar!!

      Quanto ao reformado de Boliqueime é uma criatura medíocre , rancorosa e sem sentido de Estado, mas que , pelos vistos, encantou os portugueses : elegeram-no para todos os cargos e amis do que uma vez !!

      Enfim, veremos o que faz o "bom povo português" nas duas eleições que aí vêm...

      Minha amiga, um abraço forte

      Eliminar

"BENVEGUT AQUÈL QUE NOS VEN MANS DEBÈRTAS"
(Saudação Cátara)

Arquivo do blogue