sexta-feira, agosto 30, 2013

Nigel Farage: Políticas insanas dos Estados Unidos da Europa


 
Vale a pena ouvir!
 
Infelizmente, Farage tem razão em muito do que diz. Mas temos que ter em atenção que é de Direita, nacionalista.
 
A situação nos países do sul europeu  piora a cada dia que passa.
 
E Portugal  está de rastos , nas mãos de um Governo que , como se não bastasse a dureza do programa de resgate, cumpre o que prometeu, isto é, ir além da Troika. Aliás, é esse o  ponto exclusivo que cumpriu do programa com que  os portugueses o elegeram, pois tudo o resto está totalmente nos antípodas do que foi dito durante a campanha eleitoral.
 
Com a agravante de termos um Presidente que sempre teve como preocupação máxima a sua imagem pública e uma Oposição pouco credível no momento.

O sonho de Sá Carneiro" Uma maioria, um Governo, um Presidente" revelou-se um enorme pesadelo e um instrumento para destroçar impunemente milhões de vidas!!




quarta-feira, agosto 28, 2013

Martin Luther King Jr. "I have a dream" [Lyrics] Full speech (1963 Washi...




Completa-se hoje meio século sobre este  maravilhoso discurso de um Homem que lutou pacificamente pela igualdade entre todos os seres humanos.
 
Não, a situação não está igual à que era na época, mas  há tanto caminho ainda à nossa frente...
 
A minha homenagem a todas as pessoas que deram tudo para que os seus semelhantes sejam respeitados integralmente  na sua dignidade!

terça-feira, agosto 27, 2013

"NU ENTRE LOBOS"


"Nu Entre Lobos" passa-se no Campo de Concentração de Buchenwald e conta, baseado em factos reais, a história de como entrou no Campo ,sendo depois protegida pela rede clandestina  de resistência organizada dos prisioneiros, uma criança  muito pequena.
 
Bruno Apitz(1900-1979), o autor da obra, de nacionalidade alemã, cumpriu dois anos de prisão , na Primeira Guerra Mundial, por ser pacifista.
 
Assim que Hitler chegou ao Poder, foi preso por ser militante comunista desde 1927, sendo enviado três anos mais tarde como  trabalhador escravo para a construção do referido Campo, onde esteve  durante toda a existência deste e de onde saiu, com os últimos prisioneiros, em 1945.
 
O romance é muito interessante porque foca a maneira como os presos conseguiram montar uma organização de resistência sem preocupações de nacionalidade  nem  de crenças religiosas, a rede de ligações, a hierarquia, as cumplicidades, os subterfúgios com que iludiam os carrascos.
 
Tudo se complica quando na chegada de um comboio , chega a criança - dentro de uma mala de viagem trazida por um dos presos.
 
Vêm ao de cima o cumprimento rigoroso da disciplina, fortes problemas de consciência,o risco enorme ao protegerem a criança.
 
E tudo suportam porque  os nazis  , apesar de saberem a guerra perdida, não deixam de torturar nem de matar . Nalguns casos, arrastando consigo em penosas e longas marchas forçadas de um campo de  extermínio para outro quem os ocupava , provocando a morte por exaustão ou puro assassinato de  largos milhares de pessoas.
 
A obra foi adaptada ao cinema e ao teatro, por exemplo, além de ser traduzida em dezenas  de línguas.
 
Recomendo a sua leitura, até porque nos  lembra que  podemos sempre resistir e conservar a nossa dignidade e a nossa bondade. Mesmo em condições muitíssimo difíceis, porque - ao contrário do que é agora moda afirmar - existe sempre alternativa.
 
 
"«Ah, tu não perceber alemão. Nós vamos-te dar umas lições de alemão, Kropinski
Reineboth tinha propositadamente agarrado o polaco em primeiro lugar. Queria que Hofel visse.O corpo nu ficou como que aparafusado no cavalete. Depois o tormento começou. Os chicotes de Reineboth e Mandrill silvavam e os golpes sucediam-se. O sangue espirrou e correu pelas coxas abaixo. Os golpes seguintes acertaram em cheio na carne viva. Kropinski desmaiou. Reineboth olhou para Hofel para ver a sua reacção. Este estivera todo o tempo rígido e hirto. O seu rosto estava petrificado de horror. Reineboth ficou satisfeito com isso, deu-lhe com a vergasta ensanguentada uma pancadinha no peito e apontou para o cavalete. Com as pernas rígidas, Hofel avançou alguns passos, e os Blockfuhrers* agarraram-no e estenderam-no em cima do cavalete." 
 
 
* Blockfuhrer - baixo funcionário SS , supervisor de Bloco. 

domingo, agosto 25, 2013

LISBOA A ARDER!!








10,30 H de 25/8/1988 : foi  quando de chofre vi na televisão as imagens  chocantes  de uma cidade , cujo coração  estava a ser devorado por um incêndio que devastava tudo e fazia subir  a uma altura enorme uma densa coluna de fumo negro destacando-se contra a luminosidade do céu azul e sem nuvens.
 
Deambulava por um Centro Comercial, fazendo tempo até à chegada da colega com quem formava equipa de supervisão às IPSSs do Barreiro , a fim de termos reunião numa delas porque mais uma vez estava a defraudar o Estado, não respeitando o Acordo de Cooperação entre as duas partes.
 
Repentinamente, fiquei defronte de um televisor e a cena era dantesca, com chamas e bombeiros defrontando-se ferozmente , metro a metro...e só alguns minutos depois consegui perceber ser o Chiado que  desaparecia ali à minha frente, desfeito em cinzas.
 
O incêndio começara no Grandella, pensa-se que provocado por mão criminosa, e estendeu-se a toda a zona, destruindo os Armazéns do Chiado, a pastelaria Ferrari, a Casa Batalha, o Eduardo Martins, a Perfumaria da Moda. Além dos estragos materiais imensos,  inúmeras pessoas ficaram sem emprego de um momento para o ouro.
 
Mais tarde, pouco tempo depois, fui ver com os meus próprios olhos toda a área queimada e acompanhei sempre os trabalhos de reconstrução. Felizmente,não recolocaram os canteiros que impediram o acesso aos bombeiros. Ironicamente, no exercício recentemente efectuado tudo correra bem.
 
Com o terrível terramoto de 1755, este incêndio (assim como as cheias de 1968 na região de Lisboa) foi uma das maiores catástrofes  da capital.
 
A recuperação está feita e respeitou ainda assim aquilo que, para as gerações mais velhas, era o Chiado.
 
Claro que muitas das lojas são diferentes e outras , entretanto, encerraram ou mudaram de ramo. Mas ainda é o coração de Lisboa.
 
Quanto à memória daqueles momentos trágicos , passado um quarto de século, tenho-a  vivíssima e penso que assim continuará até ao momento da minha morte.

sexta-feira, agosto 23, 2013

JÁ NÃO EXISTEM CANÇÕES DE AMOR??


 
Em resposta ao  desafio do meu amigo Carlos Barbosa de Oliveira , para não colocar a canção a seco e porque não tenho nenhuma canção  ligada à minha vida sentimental, escolhi "Tous les garçons et les filles " de Françoise Hardy, porque gosto imenso da língua francesa e tenho uma pena terrível de se ouvir só inglês, actualmente.

Além disso, a cantora fez a sua aparição  e tornou-se famosa na minha adolescência.
 
A outra  - e principal  - razão, é porque esta maneira de viver o amor era a da minha geração e continha essa romântica e doce época do namoro, que  é coisa extinta: passa-se logo à acção e perde-se , pelo meio, todo um tempo de ternura , de conhecimento mútuo, de aprofundamento de sentimentos.
 
Espero que lhes agrade e, mais ainda, que  fiques satisfeito com estas brevíssimas palavras, Carlos, rrss

Sejam felizes!
 

quarta-feira, agosto 21, 2013

segunda-feira, agosto 19, 2013

DIA DA FOTOGRAFIA

 
 
 
 
 
 
 
 

sábado, agosto 17, 2013

quinta-feira, agosto 15, 2013

DIA DOS HOMENS










 
 
Porque os homens também merecem destaque!
 
Bom feriado para quem me visitar, rrss

quarta-feira, agosto 14, 2013

CABO VERDE : ILHA DO SAL


Depois da animação de praia em Santa Maria,* com  ventinho ...
como se nota na ondulação, magnífica para surf

é bom  descontrair lendo no hotel, antes de...
 
rumar a Pedra de Lume, **
 


que é uma cratera vulcânica com salinas...
 de tal densidade  de sal...
 
que podemos boiar calmamente todo o tempo,
antes de ter uma panorâmica geral e...
 
disfrutarmos, depois, da piscina do hotel!
 
 
*Santa Maria fica a sul da ilha e em 2006 era uma pequena povoação  ligada por um longo calçadão a   numerosos hoteis de qualidade.
Neste momento, deve já estar descaracterizada, dada a enorme urbanização em início naquele ano.
É muito procurada pelas estupendas condições para a prática de surf e  mergulho.
 
** Pedra de Lume já tem pouca actividade, as salinas formam-se devido à ligação entre o mar e a cratera do vulcão.
Aconselhável levar sandálias plásticas para entrar na água.
Existe alta probabilidade de se não poder tomar banho de água doce, pelo que se pode tornar muito incómoda a sensação na pele - dado o alto teor de salinidade .
 
O Sal é uma ilha completamente desértica ,tem aeroporto internacional, existem duas ou três  cidades e o Presidente da República possui residência oficial.
 
Tudo o que se consome é importado do resto do arquipélago e a água tem que  ser tratada em complexo próprio  para se lhe retirar o sal.
 
Embora seja pequena  não é , porém, aconselhável  descobri-la por nossa conta e risco: para ir à parte norte ver a Buracona  e tomar banho nas piscinas naturais lá perto, corre-se o sério risco de nos perdermos .Além disso, existem miragens.
 
Para quem quiser simplesmente repousar , é boa opção. Para mim, bastou  ir uma vez e percorrê-la  inteira, porque me parece pouco razoável alguém  ir para determinado lugar e não o conhecer o máximo possível.
 

Arquivo do blogue